Como dar banho e tosa em um cão ou gato temperamental

Escrito por laurie w | Traduzido por lennon motta
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como dar banho e tosa em um cão ou gato temperamental
Wally é um persa que tem tendência a criar nós no pelo (Laurie Wiegler)

Se você é dono de um gato ou cão, só os deuses sabem se você é abençoado ou amaldiçoado com um animal propenso a ataques de, digamos, personalidade. Se o seu animal de estimação é temperamental continue lendo, pois tudo está em jogo aqui, desde retirar os nós do pelo até aparar as pequenas unhas, sem mencionar o seu lindo rosto!

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Um bom tosador ou técnico veterinário
  • Um participante voluntário (também conhecido como cão ou gato)
  • Alguns reais
  • Paciência!

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    É altamente recomendado que você leve o pequeno Fofinho ou Totó em um bom tosador ou em uma petshop local por uma série de razões, as quais começam e terminam com você evitando de ficar permanentemente mutilado. Você pode escolher levá-lo em seu veterinário, com quem você é acostumado ou tentar algo um pouco mais sofisticado e escolher um lugar especializado em estética animal.

  2. 2

    Caso você decida fazer o banho e tosa em casa o que, novamente, não é aconselhável, contenha o animal, isso não significa usar uma camisa de força (necessariamente), mas sim pedir a ajuda de um amigo ou de algum técnico em veterinária. Enquanto um segura o animal o outro pode ir cortando as unhas. Às vezes "contenção" pode significar mais do que apenas restrição física, Hiromi Karagiannis, um técnico da Manhattan Cat Specialists, aconselha o uso de medicação em cerca de 50% das vezes, dependendo de quão hiperativo o animal se torna. "Usamos uma forma de sedação, explicando ao proprietário que é mais humano fazer isso", diz ele. No Manhattan Cat Specialists no Upper West Side da cidade, eles sedam o animal com um produto da Pfizer, chamado Domitor.

  3. 3

    Faça o trabalho. Nos cães normalmente a tarefa é maior. Para os filhotes temperamentais por aí, considere tocar uma música suave e fazê-lo ao ar livre e sob o sol, quanto mais relaxado você conseguir deixar o pequeno Rex, mais felizes todos serão. Você pode também massagear as têmporas dele enquanto cantarola uma canção. Uma vantagem dos cães sobre os gatos é que eles geralmente amam água, então é provável que o banho não seja um problema. Já para os gatos é preciso decidir o que exatamente deve ser feito, por exemplo, muitos veterinários podem recomendar o "corte leão" para um himalaia ou persa quando se torna impossível pentear o animal. No entanto, você, o dono do gato, pode ser contra, afinal de contas, você comprou a pequena Mimi por causa de sua pelagem longa e brilhante.

  4. 4

    Para acordar os gatos no Manhattan Cat Specialists, é usado um medicamento feito pela mesma empresa do sedativo que aparentemente funciona muito bem. Se você estiver fazendo o banho e tosa em casa, não sede o animal.

  5. 5

    Dê ao seu animal de estimação carinho e diga "bom menino!", ofereça algum mimos, seja um brinquedo de borracha, um osso ou um petisco para gatos. Algumas pessoas prometem catnip.

Dicas & Advertências

  • Sempre mantenha-se calmo quando você tratar de seu animal de estimação. Caso você não consiga, leve-o ao tosador. Animais são muito suscetíveis ao nosso humor.
  • Não faça isso em casa, a menos que seja absolutamente necessário e mesmo assim, certifique-se de solicitar a ajuda de alguém. Animais nem sempre são tão civilizados como gostaríamos, você não quer que essa experiência resulte em uma viagem de emergência para o hospital!

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível