Como ajudar meu cachorro a se recuperar de uma cirurgia de luxação na patela

Escrito por d.m. gutierrez | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ajudar meu cachorro a se recuperar de uma cirurgia de luxação na patela
Mais comum em cães pequenos, alguns Samoiedas podem desenvolver luxação de patela (samoyed image by Nickolay Bolshakov from Fotolia.com)

A luxação de patela é o deslocamento da patela fora de posição, tanto para dentro quanto para fora do joelho. Frequente em raças pequenas e miniatura, como chihuahuas, o incidente pode acontecer em qualquer raça de qualquer idade, e a maioria dos casos são genéticos, mas alguns resultam de algum dano à perna. Em casos mais leves, os cães podem demonstrar poucos, senão nenhum sintoma mas, em casos severos, os cães mancam e se recusam a pular, escalar, ou se levantar. Em casos sérios, a cirurgia é o único tratamento indicado. Ainda assim, alguns poucos e simples passos podem ajudar seu cão a se recuperar de uma cirurgia de luxação de patela.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Administre analgésicos receitados pelo seu veterinário. Cuidados pós-operatórios frequentemente exigem que você dê ao seu cão remédios anti-inflamatórios para diminuir a dor e o inchaço. A medicação deixará seu cão mais confortável e promoverá uma recuperação mais rápida. Consulte seu veterinário antes de administrar quaisquer analgésicos.

  2. 2

    Evite que seu cão mexa no local da cirurgia. O local da incisão cicatrizará mais devagar se o seu cão o lamber constantemente. A Samoyed Health Foundation [Fundação de Saúde dos Samoiedas] recomenda usar um colar elizabetano (coleira com cone) ou uma coleira cervical para evitar que o cão alcance a área afetada. Para alguns cães, pulverizar substâncias não-tóxicas com gosto amargo perto da incisão é eficiente, embora outros cães possam ignorar o sabor ruim.

    Como ajudar meu cachorro a se recuperar de uma cirurgia de luxação na patela
    Veterinário examina um Yorkshire que usa o colar elizabetano (Dean Golja/Digital Vision/Getty Images)
  3. 3

    Restrinja a atividade por até 16 semanas. Pular, escalar, correr, ou outras atividades estressantes podem fazer com que seu cão se recupere mais lentamente e sinta dores desnecessárias. Uma vez que o local da incisão cicatrizou e o cão consegue por peso na perna afetada, leve-o para passear para melhorar a força e a mobilidade. Não permita que o cão corra livremente antes de se recuperar por completo.

  4. 4

    Ministre terapias leves ou sem impacto se seu veterinário concordar. A American College of Veterinary Surgeons [Faculdade Americana de Cirurgiões Veterinários] diz que seu veterinário deve aconselhá-lo a aplicar compressas e conduzir terapias passivas, como mover o joelho para frente e para trás lentamente várias vezes ao dia. Nadar é um bom exercício, pois põe pouco ou nenhum stress nas articulações em processo de cura.

  5. 5

    Instale dispositivos de assistência para impedir que seu cão tensione os joelhos. Durante e após a recuperação, coloque escadas e rampas para ajudar o seu cão a subir e descer de sofás, camas e alpendres. Uma vez que a luxação de patela pode reaparecer depois da cirurgia, certifique-se de que seu cão tenha poucas chances de tensionar ou ferir as pernas.

Dicas & Advertências

  • Controle o peso do seu cão. Cães em boas condições físicas têm menos problemas com luxações de patelas e são mais propensos a se recuperar mais rapidamente da cirurgia.
  • A cirurgia para luxação de patela é relatada com 90% de eficiência. Se alguma complicação surgir, entre em contato com seu veterinário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível