Cães: como reconhecer e tratar a parafimose

Escrito por nicki howell | Traduzido por mayra chibante
Cães: como reconhecer e tratar a parafimose
A parafimose afeta certos processos corporais, como a urinação. Por isso, busque uma atenção veterinária imediata (Image Source/Photodisc/Getty Images)

A parafimose é uma condição que ocorre em cães machos e impede que o pênis se retraia adequadamente. Esse problema de saúde afeta cachorros de todas as raças e idades. Já que a doença interfere na urinação, é importante procurar por cuidados o mais cedo possível.

Instruções

  1. 1

    Avalie os sinais da parafimose no seu animal. Dentre os sintomas, estão a dificuldade de urinar e o desconforto na área afetada. Você também pode notar que o cão, algumas vezes, deixará o líquido pingar.

  2. 2

    Entre em contato com o veterinário para uma consulta imediata. Essa condição traz muito desconforto ao animal, dessa forma, o pronto atendimento é importante. Mantenha o cão calmo durante o caminho ao médico, falando num tom de voz calmo e permanecendo relaxado. Os cachorros são intuitivos e podem sentir suas emoções.

  3. 3

    Trabalhe junto com o veterinário, criando um programa de tratamento. O profissional deve encharcar a área afetada com água gelada e remover quaisquer obstruções. Isso deve fazer com que o pênis volte à sua posição normal. Um sedativo pode ser administrado, ajudando a tranquilizar o animal.

  4. 4

    Observe o cachorro de perto. De volta em casa, monitore a região afetada diariamente. Quaisquer mudanças, incluindo vermelhidão e inchaço, devem ser reportadas ao veterinário.

  5. 5

    Estimule o relaxamento do cão. A parafimose pode ser estressante ao animal. Mova sua casinha (ou cama) para um local quieto e estimule, o máximo possível, o descanso.

Dicas & Advertências

  • Até que o cachorro se sinta melhor, reduza a quantidade de estresse a que ele é exposto. Mantenha outros animais e crianças pequenas longe.
  • Mesmo que seu cão aparente estar melhor, é importante administrar a medicação prescrita. Se sentir que o tratamento deve ser descontinuado, contate seu veterinário.
Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível