Deficiência de progesterona durante a gravidez

Escrito por carole ellis | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Deficiência de progesterona durante a gravidez
A deficiência de progesterona pode causar problemas na saúde da mulher e do bebê (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

A gravidez é um período excitante e potencialmente estressante. Para aproveitar esses momentos o máximo possível, é preciso certificar-se de que você e seu bebê estão o mais saudável possível. Um dos fatores importantes para uma gravidez bem-sucedida é a progesterona, um hormônio feminino. Muitas mulheres passam por deficiência de progesterona durante a gravidez e isso também pode impactar seriamente a saúde de ambos. Em casos extremos, isso pode até por fim à gestação.

Outras pessoas estão lendo

Função

A progesterona é um hormônio feminino que estimula a produção de outros hormônios e mantém a gravidez. Sem a progesterona, seu corpo eventualmente abortará o bebê. Ela também estimula a ovulação e tem um papel fundamental no desejo sexual. Durante a gestação, você precisa de progesterona extra, pois seu corpo precisa constantemente desse hormônio em altas quantidades em vez de apenas periodicamente. Como resultado, muitas mulheres têm escassez desse hormônio se deixarem a responsabilidade apenas para o corpo de produzir a quantidade adequada.

Deficiência de progesterona durante a gravidez
A progesterona tem papel fundamental na gravidez

Importância

A deficiência de progesterona é um problema sério por várias razões. Se você normalmente já tiver deficiência desse hormônio, então terá dificuldade de engravidar, pois esse hormônio torna seu corpo mais receptivo à concepção. Além disso, se você ficar grávida, pode ter problemas para manter a gravidez. Abortos naturais espontâneos repetidos também podem habituar o seu corpo a abortar durante a gravidez mesmo quando não houver baixo nível de progesterona no corpo.

Cronograma

Ao engravidar, você já tem níveis relativamente altos de progesterona, pois o hormônio já estimulou seu corpo para a concepção. No entanto, para manter a gravidez, você também deve manter esse nível de progesterona pelos próximos nove meses. Muitos médicos recomendam que você comece a tomar um suplemento de progesterona no dia seguinte a ovulação para torná-la mais receptiva à concepção. Depois, continue a tomar pelos próximos dois meses enquanto seu corpo se ajusta ao estado da gravidez. Após esses dois meses, você gradualmente vai diminuindo o suplemento de progesterona para que seu corpo continue a manter os níveis apropriados por conta própria.

Equívocos

Muitas pessoas pensam que o corpo das mulheres, que é naturalmente "programado" para o parto, simplesmente se ajustará à gravidez e produzirá todos os hormônios, vitaminas e nutrientes que a mãe e o bebê necessitam. No entanto, a gravidez não é um estado natural da mulher. Como resultado, o corpo necessariamente não responde rápida e imediatamente a todas as necessidades. Por isso que é tão importante monitorar e suplementar a progesterona, particularmente no início da gestação.

Prevenção e solução

A melhor maneira de evitar a deficiência de progesterona é trabalhar junto com seu obstetra para regular seus níveis desse hormônio. Geralmente isso é feito através de suplementos naturais, pois a progesterona é derivada do tecido placentário. Depois dos primeiros dois meses de suplementos, você gradualmente diminuirá a dose, para que seu corpo continue a produzir a quantidade apropriada de progesterona sozinho.

Aviso

A terapia com progesterona, como com qualquer outro hormônio, deve ser cuidadosamente monitorada e controlada. Qualquer tipo de terapia hormonal tem impacto direto nas funções mentais e corporais, então você precisa verificar de perto como se sente mentalmente e fisicamente. Mantenha um diário de como se sente e como seu corpo está reagindo ao suplemento para ter certeza de que seus hormônios e sua gravidez permaneçam em boas condições e em equilíbrio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível