Definição de "Estratégia Organizacional"

Escrito por christine meyer | Traduzido por karenini k. viana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Definição de "Estratégia Organizacional"
É necessário estratégia organizacional para avançar (businessman and chart image by Kit Wai Chan from Fotolia.com)

Estratégia organizacional é a criação, implementação e avaliação de decisões dentro de uma organização, que lhe permitem atingir os seus objetivos a longo prazo. A estratégia organizacional especifica a missão da organização, visão e objetivos, e desenvolve políticas e planos, muitas vezes, em termos de projetos e programas, criados para atingir as metas da organização. Ela também aloca recursos para implementá-los.

Outras pessoas estão lendo

Processos de estratégia

A estratégia organizacional está relacionada a estudos organizacionais, um campo acadêmico que analisa as organizações e o que as torna um sucesso ou um fracasso. Ela fornece orientações gerais para a organização. Formular uma estratégia é a combinação dos três processos principais seguintes. O primeiro processo é realizar uma análise da situação da organização - interna e externa, micro e macro-ambiental. Isso significa descobrir tanto o que está acontecendo com seus concorrentes quanto com cada parte da organização. O segundo processo envolve a definição de objetivos, tanto de curto prazo quanto de longo prazo. Isto significa criar declarações de visão e missão. O processo final é o desenvolvimento de um plano estratégico que fornece detalhes sobre a forma de alcançar os objetivos da organização.

Adequação

O modelo de estratégia empresarial de Johnson, Scholes e Whittington contrasta opções estratégicas de uma organização com três critérios, ou perguntas, que a organização deve se fazer O primeiro desses critérios inclui a adequação: "Será que funciona?", "Qual é a lógica global da estratégia?". A organização precisa verificar se a estratégia é economicamente viável e se o ambiente se encaixa. Não seria apropriado, por exemplo, abrir um novo restaurante em uma área que já tem muitos.

Viabilidade

O segundo critério é a viabilidade: "Pode ser feito de maneira que funcione?". A viabilidade pergunta se os recursos (que incluem financiamento, funcionários, tempo e informação) necessitam implementar a estratégia ou se eles podem ser desenvolvidos. Uma organização deve verificar se tem fluxo de caixa adequado ou se podem prever os resultados desejados. Além disso, necessitam de um termo de negócio, que tem a ver com o processo de fazer declarações sobre eventos cujos resultados reais ainda não foram observados.

Aceitação

O terceiro critério é a aceitação: "Será que as partes interessadas podem trabalhar com isso?". Uma organização precisa determinar se as partes interessadas (acionistas, funcionários e clientes) vão aceitar a sua estratégia. Isso é feito por meio da análise das expectativas dos investidores para os resultados esperados da organização, que incluem riscos, retornos e reações. Retorno é definido como os benefícios que eles esperam ter; o risco tem a ver com a probabilidade da estratégia fracassar e suas consequências. A reação dos interessados ​​para a estratégia, muitas vezes, é o mais difícil de antecipar.

O choque do futuro

É certo que vivemos em uma época de mudanças aceleradas. Alvin Toffler escreveu em seu livro de 1970, "Choque do Futuro", que cada nova geração tem experimentado mudanças nas normas sociais e tecnológicas mais e mais rapidamente. Estas alterações causam uma grande quantidade de estresse psicológico, tornando a necessidade de estratégia organizacional mais importante do que nunca. Elas também causam grande conflito e oportunidades no mundo dos negócios, algo que as organizações podem utilizar em seu benefício, se elas têm uma estratégia organizacional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível