Como deixar claro a um empregado sobre atrasos usando memorandos

Escrito por j.e. cornett | Traduzido por karyn meyer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como deixar claro a um empregado sobre atrasos usando memorandos
Atrasos de funcionários podem gerar prejuízos para sua empresa (Polka Dot RF/Polka Dot/Getty Images)

Atraso de funcionários afeta sua empresa de diversas maneiras: deixa sua organização vulnerável quando não há mãos suficientes no trabalho, cria conflitos entre os funcionários e custa dinheiro se não for corretamente documentado e direcionado quando se trata de pagar aos empregados. Sabendo o potencial dano à sua organização, você precisa possuir as ferramentas para lidar com o atraso de seus funcionários eficientemente. Uma forma de fazer isso é por meio de memorandos, os quais são parte essencial da disciplinarização dos funcionários que são cronicamente atrasados.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Confira as políticas da sua empresa voltadas para o atraso de funcionários. Sua organização deve ter uma política que define o que constitui o atraso, como os funcionários que chegam atrasados devem ser disciplinados, e qual é a máxima ação disciplinar para funcionários que estão regularmente atrasados. Saber qual a política da sua companhia é essencial para usar memorandos (memos) para notificar os empregados sobre violações das políticas.

  2. 2

    Determine o que você, enquanto supervisor, pode fazer a respeito dos atrasos dos funcionários. A política sobre atrasos de sua empresa deve informar como o supervisor do funcionário irá conduzir os casos de violação, e quais ações disciplinares poderá usar para tratar o atraso do funcionário. Seus memos devem estar alinhados a esta política, uma vez que a violação das mesmas pode ter um impacto negativo em você enquanto supervisor.

  3. 3

    Garanta que os casos de atraso do funcionário sejam documentados. Sem a documentação correta detalhando as datas e horários de tais casos, você deixa a si próprio e a sua empresa descobertos de argumentos para defenderem-se legalmente caso suas tentativas de disciplinar o funcionário terminem em rescisão.

  4. 4

    Verifique se sua empresa possui um memo padrão para tratar de atraso de funcionários. Pergunte ao responsável pelos recursos humanos sobre qualquer documento que sua organização pode usar para informar os funcionários a respeito de atrasos.

  5. 5

    Caso não haja um padrão disponível, crie um memo que trate da mensagem sobre o atraso do funcionário. Nele deverá conter as seguintes informações: seu nome, o nome do funcionário, a data do memorando, informações acerca das políticas no que concerne a atrasos, datas dos casos de atraso do funcionário, linhas gerais de quaisquer discussões que tenham surgido entre você e o funcionário sobre os atrasos e as consequências de qualquer ocorrência futura.

  6. 6

    Entregue o memo ao funcionário confidencialmente e peça ao mesmo que assine uma cópia do documento para dar ciência do recebimento. Arquive o original na pasta pessoal do funcionário, a qual deverá permanecer sob sigilo.

Dicas & Advertências

  • Sua organização deve, de preferência, possuir políticas que cobrissem tanto o empregado quanto o empregador dos problemas de disciplina tais como atraso. Sem políticas que definam atraso e delineiem como a organização irá lidar com funcionários atrasados, supervisores por toda a companhia dificilmente aplicarão os mesmos padrões para os comportamentos dos funcionários em todos os sentidos, deixando a organização suscetível a reclamações sobre discriminação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível