Desastres naturais e doenças infecciosas

Escrito por sophie johnson | Traduzido por ewerton lima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Desastres naturais e doenças infecciosas
Interrupções de serviços públicos e aglomerações aumentam o risco de doenças infecciosas depois de um desastre (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Um desastre natural representa ameaças à saúde não somente no momento em que ele ocorre, mas também em seus resquícios, principalmente na forma doenças. Os germes que causam doenças infecciosas geralmente encontram condições favoráveis após um desastre natural e podem se espalhar facilmente. Algumas medidas simples, entretanto, podem ajudar a proteger a comunidade de doenças contagiosas, conforme a recuperação é feita.

Outras pessoas estão lendo

Abrigos

Doenças infecciosas se espalham facilmente em um abrigo por que muitas pessoas ficam próximas umas das outras. Práticas normais de higiene podem ser interrompidas devido a instalações sanitárias precárias e locais de troca de fraldas em alojamentos fechados. Outros desafios em potencial, enquanto pessoas permanecem em abrigos, incluem dificuldade de tomar banho de forma regular, obtenção de roupas limpas e acúmulo de lixo. As condições em um abrigo comunitário aumentam os riscos de resfriados, diarreia infecciosa e gripe estomacal.

Contaminação da água

Desastres naturais que envolvem inundações podem contaminar o suprimento de água com bactérias e parasitas causadores de doenças. Esgoto, fezes de animais e animais mortos podem também poluir a água. Durante uma inundação, pessoas comumente entram em contato com água contaminada. Organizar os estragos após o desastre também representa um risco de doença infecciosa devido a ítens manuseados que podem ter sido encharcados com água contaminada. Beber água contaminada é um grande fator de risco para doenças infecciosas do estômago e intestino.

Doenças

Parasitas, vírus, bactérias e fungos podem causar doenças após desastres naturais. Doenças derivadas de diarreia parasitária que ocorrem através da contaminação de água incluem amebíase, criptosporidíase e giardíase. Bactérias comuns associadas com infecções pós-desastre incluem E. coli, Salmonela, espécie Shigella, Campylobacter e Víbrio. Essas bactérias muito frequentemente causam diarreia, embora infecções de outras áreas do corpo possam ocorrer.

Leptospirose, uma doença causada por bactéria que se espalha por contato com a urina de animais infectados, pode levar à falência de fígado e rins. A doença do legionário é um risco após um desastre natural porque a bactéria que a causa se reproduz em água parada -- muitas vezes em canos de prédios danificados pela catástrofe. A doença do legionário é uma forma de pneumonia severa e potencialmente fatal.

Doenças infecciosas virais são comuns após desastres naturais. Resfriados acontecem frequentemente, especialmente entre crianças. Gripes estomacais podem aparecer após o desastre, geralmente causadas pelo rotavírus, enterovírus ou norovírus. A transmissão do vírus da hepatite A, que causa diarreia e inflamação do fígado, pode também aumentar devido às precárias condições sanitárias e aglomerações.

Prevenção

Boa higiene é uma das melhores maneiras de prevenir doenças infecciosas. Lave suas mãos com sabão e água que tenha sido desinfectada ou fervida. Certifique-se de lavar suas mãos antes de manusear comida, depois de ter utilizado o banheiro, depois de ter feito alguma limpeza ou ter manuseado materiais contaminados. Se água não estiver disponível, use um desinfetante para mãos à base de álcool.

Garantias

Se você não tiver certeza da pureza do suprimento de água, presuma que não é segura. Água contaminada deve ser fervida ou tratada com iodo ou cloro antes de beber ou ser usada para limpar ou cozinhar. Descarte comida contaminada ou vencida. Cozinhe completamente sua comida e a prepare você mesmo.

Limpe feridas abertas com sabão e água descontaminada o mais cedo possível. Cubra o ferimento limpo com uma bandagem para protegê-lo contra bactérias que possam causar um infecção séria.

Se disponível, use luvas descartáveis quando estiver manuseando itens potencialmente contaminados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível