Dez coisas a evitar ao tomar creatina

Escrito por tiago tostes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dez coisas a evitar ao tomar creatina
A ANVISA recomenda que esse suplemento seja usado apenas por atletas (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

A creatina é um suplemento alimentar que auxilia no desempenho de esportes em que são exigidos movimentos repetitivos de alta intensidade e curta duração, além dos exercícios físicos de longa duração, pois proporciona aumento de resistência aeróbica. Essa substância é produzida naturalmente pelo corpo e não é considerada doping. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda que esse suplemento seja usado apenas por atletas e informa que não deve ser utilizado por crianças, gestantes, idosos e portadores de enfermidades.

Outras pessoas estão lendo

Evite tomar creatina sem orientação

Para as pessoas que praticam atividade física com o objetivo estético, para recreação e promoção da saúde, a creatina não é indicada. Para essas pessoas, uma alimentação diversificada e balanceada é o suficiente para produzir os efeitos desejados. Por isso, não tome creatina sem orientação de um nutricionista ou um médico. A consulta com esses profissionais é importante antes de dar início a uma nova atividade física e antes de começar alguma suplementação.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
Não tome creatina sem orientação de um nutricionista ou um médico (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Evite usar creatina se você tiver menos de 18 anos

Apesar das pesquisas científicas que comprovam a segurança da creatina, não se sabe ainda os efeitos desse suplemento a longo prazo, principalmente em jovens. O seu médico e o nutricionista irão avaliar a necessidade de utilizar esse suplemento e até mesmo recomendar outro, de acordo com a sua modalidade esportiva, seu tipo corporal e alimentação. O atleta e o profissional poderão decidir qual suplemento terá o melhor custo-benefício para os objetivos traçados.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
Apesar das pesquisas científicas que comprovam a segurança da creatina, não se sabe ainda os efeitos desse suplemento a longo prazo (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Evite tomar a creatina sem misturar bem antes

A creatina é instável quando dissolvida, por isso é bom misturá-la apenas quando for tomar. Portanto, antes de separar a cretina, prepare o seu shake, misture-a e logo em seguida tome. É recomendado que ela seja utilizada logo após o exercício físico porque é o horário de melhor absorção pelo organismo. Tome o seu shake também nos dias que não haverá treino, nesse caso, o suplemento deve ser ingerido logo após alguma refeição.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
Antes de separar a cretina, prepare o seu shake, misture-a e logo em seguida tome (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Evite consumir creatina acima de 3g

Algumas pesquisas sobre a creatina compararam a utilização de baixas e altas doses. Ficou evidenciado que o consumo de 3g tem o mesmo efeito que as altas doses. Por isso, deve ser evitado uma dose maior que 3g, já que não terá um efeito melhor. Com doses menores, é possível também evitar uma possível sobrecarga de rins e fígado, além de economizar e o seu produto durar por mais tempo.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
O consumo de 3g tem o mesmo efeito que as altas doses (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Evite consumir cefeína em excesso associado à creatina

A cafeína, quando consumida em excesso, diminui o efeito da creatina. Portanto, evite bebidas que contenham essa substância, como refrigerantes, guaraná natural, café e alguns tipos de chá. Um cafezinho todos os dias de manhã não irá interferir, mas deve-se ficar atento aos outros produtos que possuam essa substância para não exagerar no consumo. Enquanto estiver usando a creatina, sempre se informe nos rótulos dos produtos sobre os ingredientes da sua composição

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
A cafeína, quando consumida em excesso, diminui o efeito da creatina (Comstock/Comstock/Getty Images)

Evite a desidratação

A creatina tem efeito de reter líquido nas células dos músculos e a água adicional provoca mais pressão nas membranas celulares, enviando essa informação ao núcleo da célula. Ele entenderá que é necessário realizar mais síntese de proteínas. O músculo, então, irá se desenvolver mais rapidamente do que na ausência desse suplemento. Por isso deve-se manter bem a hidratação oral para não faltar água para nenhum órgão, e nem para o músculo.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
O músculo irá se desenvolver mais rapidamente do que na ausência desse suplemento (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Evite usar se você for um atleta que depende do peso corporal

Embora a creatina aumente a resistência aeróbica, os atletas de esportes predominantemente aeróbico (maratonistas, nadadores, jogadores de futebol, entre outros) podem ser prejudicados pelo efeito desse suplemento. Ela favorece o aumento de peso corporal, e assim exige um gasto energético maior para movimentar o corpo mais pesado. Um profissional da área poderá ajudar você a avaliar o custo-benefício da utilização desse recurso de acordo com as suas características físicas e necessidades para o esporte.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
A creatina favorece o aumento de peso corporal (Pixland/Pixland/Getty Images)

Evite bebidas alcoólicas e outros diuréticos

As bebidas alcoólicas são diuréticos, e já que o efeito da creatina é de reter líquido, os diuréticos podem prejudicar o seu funcionamento. Além disso, a creatina retém a água no músculos, e ao eliminar líquido pelo sistema urinário, pode faltar líquido para outros órgãos. Algumas bebidas, mesmo as naturais, como suco de lima-da-pérsia, chá de alecrim e chá verde também são diuréticos, além de alguns deles possuírem cafeína.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
As bebidas alcoólicas são diuréticos, e já que o efeito da creatina é de reter líquido, os diuréticos podem prejudicar o seu funcionamento (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Evite usar a creatina ininterruptamente

Algumas pesquisas indicam que depois de um longo tempo usando esse suplemento, o corpo se habitua a esse estímulo e o próprio organismo para de produzi-lo. Por isso, alguns especialistas recomendam que para 3 meses de uso contínuo é necessário 1 mês de interrupção. Assim, será possível evitar o acúmulo excessivo (e prejudicial) de creatina intramuscular e evitar a supressão da síntese endógena desse suplemento. Um profissional da área poderá avaliar a necessidade de interrupção.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
Alguns especialistas recomendam que para 3 meses de uso contínuo é necessário 1 mês de interrupção (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Evite consumir creatina de baixa qualidade

Algumas marcas colocam substâncias como maltodeextrina, sódio, açúcar e outras substâncias para "render" mais. Compre sempre a creatina pura e de marcas confiáveis. Só assim será possível ter controle de quanto realmente está sendo consumido a cada dose e se não estão sendo ingeridas substâncias indesejáveis. Informe-se sobre as marcas existentes no mercado com o seu médico, nutricionista, treinador e até mesmo com os colegas de time e de academia.

Dez coisas a evitar ao tomar creatina
Algumas marcas colocam substâncias como maltodeextrina, sódio, açúcar e outras substâncias para "render" mais (Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível