Como diagnosticar câncer de mama em cães

Escrito por michaele curtis | Traduzido por william ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diagnosticar câncer de mama em cães
Saúde do cão (Comstock/Comstock/Getty Images)

O câncer mamário canino é o crescimento descontrolado das células nas glândulas mamárias de um cão. O primeiro e único sinal do câncer é, muitas vezes, uma massa desconhecida na barriga do cão. No entanto, isso também pode ser um sinal de outras condições, como um cisto inofensivo. A aspiração, com uma agulha fina, é feita para remover o tecido ou o líquido de uma área, para realizar testes. Apesar de a aspiração não ser o último diagnóstico do câncer de mama, os veterinários a usam para determinar se são necessários mais testes.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Reconheça os sintomas do câncer de mama em seu cão. O sinal mais comum é uma grande massa subcutânea no abdômen. Embora você não possa vê-la, você a sente se examiná-la com as mãos. A massa pode ser firme ou suave, móvel ou estática.

  2. 2

    Contate o veterinário do seu cão e explicar sobre o crescimento desconhecido. Ele examinará o cão e assim, avaliará a massa, que pode ser várias coisas, por isso, ele pode requerer testes.

  3. 3

    O veterinário irá limpar a área com álcool, para esterilizar. E usará uma seringa com agulha, para recolher o tecido da massa.

  4. 4

    Imediatamente após a retirada da agulha, o veterinário transferirá o tecido e fluído para lâminas de vidro, que são enviadas para um laboratório de testes para procurar a presença de câncer ou outras condições, como cistos.

Dicas & Advertências

  • Se você estiver na sala durante o procedimento, o veterinário por pedir que você segure o cão, para que ele não se mova. Para cães mais nervosos, ele pode aplicar um sedativo.
  • A aspiração não é um disgnóstico definitivo de câncer de mama canino. Se o teste indicar que pode haver câncer no seu cão, o veterinário provavelmente fará uma biópsia para confirmar a presença ou não de células cancerígenas, malignas ou benignas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível