Dicas para lidar com mal comportamento na sala de aula

Escrito por marianne moro | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para lidar com mal comportamento na sala de aula
Professores devem analisar os motivos que justifiquem os problemas de comportamento dos alunos. (student image by Ivanna Buldakova from Fotolia.com)

Manter um ambiente de sala de aula propício à aprendizagem pode ser difícil. Se um ou mais alunos atrapalharem a aula, o mal comportamento pode prejudicar outros alunos ou diminuir o tempo destinado às atividades acadêmicas. Em vez de esperar enquanto o mal comportamento de um aluno recai sobre o resto da classe (ou no professor), a direção da escola pode tomar medidas preventivas para manter os alunos produtivos e felizes.

Outras pessoas estão lendo

Mantenha uma lista detalhada de mal comportamento

Observe os alunos com problemas comportamentais. Para corrigir alunos indisciplinados ou que falam muito, mantenha um diário indicando o mal comportamento, sua frequência e como exatamente ele se manifesta (assediando outros alunos durante o almoço, gritando na aula). Listando os ataques quando eles ocorrem, os professores e outros funcionários podem descobrir padrões que causam o comportamento. Isso dá a eles uma informação concreta em vez de acusações gerais que podem ser mal entendidas pelos alunos, pais e conselheiros. Uma descrição específica e irrefutável do comportamento geralmente resultará em uma discussão produtiva com o aluno ao invés de negação.

Proponha regras na sala de aula

Os alunos precisam saber que comportamentos são aceitáveis e os que não serão tolerados desde o primeiro dia de aula. Os professores devem escrever uma lista de regras apropriada para a idade dos estudantes antes do primeiro dia de aula e colocá-la em um comunicado no quadro ou em outra área comum. Uma carta incluindo essas regras pode ser enviada aos pais para que eles assinem. Se parâmetros claros estiverem estabelecidos no começo do ano letivo, os alunos serão menos propensos a se comportarem mal. Professores do ensino fundamental podem instituir uma série de recompensas para toda a classe pelo bom comportamento, como uma pizza ou uma aula especial de filmes.

Ajuste o ambiente de estudo

Crie um ambiente de aula proativo com várias atividades a fim de manter os alunos envolvidos. Crianças e adolescentes adoram desafios e variedades, então palestras e leitura todos os dias pode despertar o pior nos alunos mais inquietos. Organize grupos de estudo, faça com que os alunos ajudem uns aos outros para promover a amizade entre os colegas e envolva-os na seleção de algumas atividades e tarefas de casa. Seja claro sobre a transição entre uma atividade e outra, e tenha materiais para a nova tarefa disponíveis antes que a antiga acabe. Deixe os alunos se voluntariarem a ajudar em atividades transicionais, como entregar livros ou conferir estações de trabalho no laboratório de informática.

Conheça os talentos de cada aluno

Mesmo em uma turma grande e urbana existem maneiras para os professores identificarem e reconhecerem os interesses e personalidade de cada aluno. Prepare formulários para que eles preencham listando seus assuntos favoritos e hobbies. Em vez de punir um aluno que é ruim em matemática e não gosta da aula de álgebra, foque em seu interesse em artes ou em leitura. Passe um pouco mais de tempo desenvolvendo uma relação com os alunos e nutrindo seus talentos enquanto oferece ajuda com os assuntos que eles acham mais difíceis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível