Diferença entre design de interiores e decoração de interiores

Escrito por dr. eugenia orr | Traduzido por ilve maria
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferença entre design de interiores e decoração de interiores
Conheça as diferenças entre design de interiores e decoração de interiores (Simon Willms/Lifesize/Getty Images)

Embora os termos sejam usados ​​como sinônimos, design e decoração de interiores determinam profissões diferentes. A principal diferença está na formação do profissional. A decoração é definida como a adição de ornamentos a um objeto ou espaço existente, já o design é definido como criar ou construir novos objetos ou espaços.

Outras pessoas estão lendo

Decoração de interiores

A decoração é o processo de dar acabamento, incluindo pintura, papel de parede, pisos, tecidos e outros. Decoradores colocam ornamentos nos aposentos após o termino da construção, no entanto, eles podem consultar os proprietários e designers durante a fase de projeto para ver se as idéias que tem em mente requerem acabamentos em uma madeira específica por exemplo, que devem ser instaladas durante a construção.

Existem vários cursos de educação online e programas de certificação que dão credenciais para estes indivíduos criativos. Mas a certificação não é necessária para fazer o trabalho de decorador de interiores.

Design de Interiores

Um designer de interiores é um profissional que tem um diploma de uma instituição credenciada, trabalhou como aprendiz de outro designer de interiores, e passou por um exame de proficiência. Depois de ter passado por estas três fases, o profissional recebe uma licença para a prática de design de interiores. O programa de graduação inclui temas como teoria de cores e planejamento do espaço, de acessibilidade, códigos de construção, estrutura de construção, encanamento, problemas mecânicos e elétricos residenciais ou comerciais em questão. O design de interiores não só irá abranger as aplicações de superfície, tais como tecidos e acabamentos, mas incluirá também mudanças estruturais requeridas pelo âmbito do projeto.

NCIDQ

O exame que os profissionais de design de interiores devem fazer para receber suas licenças é do Conselho Nacional para a Qualificação de Design de Interiores ou NCIDQ (Sigla em inglês). Para fazer este exame, o candidato deve ter uma combinação de seis anos de formação e experiência de trabalho. Para um curso de quatro anos, o candidato deve ter dois anos de experiência e para um curso de dois anos, são necessários quatro anos de experiência. Os designers que não forem "formados" podem trabalhar em muitos empregos diferentes como design residencial, comercial, ou até mesmo em projetos hospitalares, mas apenas o profissional que passou no exame NCIDQ pode legalmente utilizar o título de Designer de Interiores.

Arquitetos

Embora designer de interiores seja uma profissão licenciada, ainda há limitações para o que ela pode fazer. Se o escopo do trabalho para um projeto que possui mudanças estruturais requerer uma licença, um arquiteto deve assinar as mudanças para que o designer possa ser autorizado a fazer o trabalho.

Considerações

A conclusão de um curso que dure quatro ou até mesmo dois anos é um compromisso que nem todo mundo tem tempo ou energia para terminar. Se você tem decorado sua casa e casas de amigos e familiares, tire fotos e crie um site. Você pode complementar seu talento com programas de certificação que ensinam sobre cores, tipos de tecidos e pisos. O "boca a boca" é muitas vezes a melhor fonte de trabalho de um decorador de interiores, assim você não precisa participar de uma associação ou sociedade de decoração para testar suas habilidades. No entanto se você pretende trabalhar como design de interiores comercial, lembre-se de que esse cargo irá exigir uma graduação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível