A diferença entre um hub e um switch em uma rede com topologia de estrela

Escrito por ginny putscher | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre um hub e um switch em uma rede com topologia de estrela
Conectividade de rede (network image by Allyson Ricketts from Fotolia.com)

Um hub e um switch são dispositivos de rede que fornecem conectividades muito diferentes. As diferenças quando são usadas em uma rede com topologia em estrela incluem o processamento interno, a segurança, a eficiência e a velocidade.

Outras pessoas estão lendo

Estrutura física de uma topologia de estrela

A estrutura física define a relação geométrica de cada enlace e dispositivo de conexão. As quatro topologias básicas são "malha", "estrela", "barramento" e "anel". Em uma topologia de estrela típica, é preciso apenas uma porta de entrada/saída em cada dispositivo. Cada um destes possui um enlace ponto a ponto dedicado a uma controladora central. O tráfego de dados entra em um hub, o qual deriva a informação para cada nodo conectado. As vantagens de uma topologia em estrela incluem a facilidade para instalá-la e configurá-la, e além disso, se um enlace falhar, outros dispositivos não serão afetados. As desvantagens da topologia incluem a dependência total de um ponto único (o hub) e a quantidade maior de cabeamento do que a usada nas topologias de "anel" ou "barramento", embora seja menor do que a de "malha". As LANs (redes locais) de alta velocidade geralmente usam a configuração física de estrela.

Aparência física

Há uma pequena diferença entre a aparência física de um hub e a de um switch. Um hub típico possui uma entrada e duas ou mais saídas. O hub distribui e compartilha dados, fornecendo um caminho confiável para os dispositivos da rede. O switch também está equipado com portas LAN, mas geralmente inclui uma porta WAN para conectar-se a um modem de linha de assinatura digital. O switch é um dispositivo capaz de conectar múltiplos computadores em um entorno mais seguro por causa da inteligência interna.

Gasto

A diferença entre um hub e um switch em uma rede com topologia de estrela é que o primeiro é mais econômico.

Propósito funcional

Um hub trabalha na camada 1, ou camada física, do modelo OSI. O propósito principal é criar um ponto pivô entre computadores para criar uma conexão de rede viável. Na camada física, as comunicações são mais diretas. Em contraste, um switch funciona na camada 2, ou camada de enlace de dados, do modelo OSI e tem mais responsabilidades. O switch inspeciona os pacotes recebidos para determinar a origem e destino de cada um, o que é necessário para que eles sejam encaminhados adequadamente. A camada de enlace de dados converte a camada física em um enlace confiável, outorgando mais segurança aos dados.

Diferenças de desempenho

Um switch trabalha a um nível muito mais complexo do que um hub. Quando os pacotes de informação fluem, o switch determina eficientemente o destino individual de cada um e os entregam apenas no destino. Ao fazer as entregas com esse método, é gerado menos tráfego na rede, o que conserva a largura de banda. Portanto, o switch é geralmente melhor do que um hub, especialmente em uma rede grande.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível