Diferença entre sumário e introdução

Escrito por brian hill | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferença entre sumário e introdução
A introdução e o sumário são partes essenciais do plano de negócios (Duncan Smith/Photodisc/Getty Images)

O sumário e a introdução são duas partes do plano de negócios de uma empresa. Um sumário executivo é o plano de negócios completo -- que pode ser de 20 a 30 páginas ou mais --, condensado em duas ou três páginas. A introdução é a primeira seção do plano de negócios completo e pode ter várias páginas ou parágrafos, dependendo da dificuldade de explicar quais são os produtos ou serviços da empresa e para quais necessidades dos clientes esses produtos foram projetados.

Outras pessoas estão lendo

Propósito

O sumário executivo é preparado para pessoas de fora da empresa, como investidores ou credores potenciais, e seu objetivo é poupar o tempo dessas pessoas, que são muito ocupadas. Em vez de ter que estudar todo o documento do plano, o investidor precisa apenas digerir esta versão extremamente condensada, que apresenta os aspectos mais importantes da empresa e, por isso, representa uma excelente oportunidade de investimento. A introdução do plano é como os primeiros dez minutos de um filme, em que você descobre do que ele trata. O restante do plano prevê a história completa.

Elementos

O sumário executivo começa com uma mini-introdução, depois segue em parágrafos que apresentam brevemente as outras seções do plano, incluindo a necessidade do mercado, a empolgante solução da empresa para essa necessidade, os clientes-alvo, o plano de marketing, as metas atingidas, a vantagem competitiva, os principais membros da equipe de gestão e o capital necessário, e termina com uma tabela ou quadro que mostram a declaração de lucros e perdas projetadas em forma de sumário. A introdução discute o negócio a que a empresa se dedica e descreve os produtos ou serviços que ela oferece, incluindo fotos ou desenhos, se possível. Na introdução, também se pode discutir como o fundador teve a ideia original para constituir a empresa -- a necessidade básica do cliente que ele identificou.

Processo de composição

A introdução é normalmente escrita em primeiro lugar, pois abrange as informações mais básicas sobre a empresa e não requer projeções de pesquisa ou financeiras para ser concluída. Deve ser escrita de uma forma envolvente, que mostre claramente o entusiasmo do empresário por sua ideia e por que acredita que seus produtos ou serviços beneficiarão tremendamente os clientes-alvo. O sumário executivo é escrito por último, após o plano completo estar concluído, inclusive as projeções financeiras. O estilo de escrita do resumo se concentra na brevidade, fornecendo alguns destaques, ao invés de muitos detalhes. Inclua o máximo de pontos-chave, considerando que usará o menor número possível. O investidor pode encontrar mais explicações e respostas às perguntas que possa ter no plano de negócios completo.

O que considerar

Redigir com falta de clareza diminui a eficácia de um sumário executivo e de uma introdução. Não presuma que o leitor possui o mesmo conhecimento que você e que instantaneamente verá que os produtos da sua empresa têm um mercado potencial tremendo. No caso do sumário executivo e da introdução -- e do plano de negócios completo --, peça a empresários experientes para lê-los e fornecer um feedback sobre conceitos que não estejam completamente claros. O sumário executivo em particular deve estar afinado e bastante convincente, de modo que os futuros investidores queiram ler o plano todo ou marcar um encontro com você.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível