Diferença de uma liquidação e uma dissolução

Escrito por leigh richards | Traduzido por barbara silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferença de uma liquidação e uma dissolução
A liquidação é parte do processo de dissolução (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Quando uma empresa encerra suas atividades, existe um conjunto de processos legais pelos quais a empresa normalmente irá passar, incluindo a liquidação de bens e a distribuição de receitas a credores e proprietários. Todo esse processo é conhecido como dissolução. Portanto, a maior diferença entre liquidação e dissolução é que a liquidação é uma parte do processo de dissolução total.

Outras pessoas estão lendo

Dissolução

Dissolução é um conceito legal que se refere à morte legal da empresa. Uma vez que ela completa o processo de dissolução, não é mais uma entidade legal formal. Uma empresa pode ser dissolvida voluntariamente por seu proprietários ou involuntariamente pelo governo do Estado em que está registrada, por falta de pagamento de impostos. Além disso, credores podem requerer a um tribunal a dissolução forçada da empresa.

Extinção

Quando uma empresa encerra suas atividades, deve primeiro extinguir seus negócios. Poucas empresas podem simplesmente fechar suas portas no instante em que decidem sair do mercado. Em vez disso, normalmente terão que cuidar de compromissos de longo prazo com os donos da propriedade que foi alugada, folha de pagamento dos funcionários, contratos de longo prazo e compromissos de vendas.

LIquidação

Uma vez que as atividades da empresa são extintas, pode-se começar a liquidar seus bens. Os bens que normalmente requerem liquidação são o inventário, as matérias-primas, os equipamentos, as instalações e os prédios. Para ter o valor integral de todos os seus bens, a empresa precisará gastar um bom tempo procurando pelos compradores certos. Como a razão de sair do negócio é, normalmente em primeiro lugar, uma incapacidade de cobrir os custos, as empresas podem escolher não gastar o tempo e recursos exigidos para conseguir o valor integral dos seus bens e acabam liquidando-os com um desconto significativo.

Liquidação sem dissolução

A liquidação de uma empresa não exige uma dissolução formal. A empresa pode passar por todo o processo de encerramento das atividades, vender seus bens e pagar seus credores, enquanto não se dissolve formalmente. Uma empresa pode fazer isso se quiser manter sua identidade legal para utilização em outro negócio. Por exemplo, ela pode ter um nome com forte reconhecimento de marca, querendo preservá-lo, ou pode simplesmente querer reutilizar a estrutura legal atual entre os proprietários para um novo negócio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível