As diferenças analíticas entre isopropanol e etanol

Escrito por rose kerr | Traduzido por pamela oliveira
As diferenças analíticas entre isopropanol e etanol
Apesar das semelhanças, o etanol e o isopropanol possuem utilidades e características distintas (Comstock/Comstock/Getty Images)

Isopropanol e etanol são ambos álcoois, só que com diferentes estruturas químicas. O isopropanol também é conhecido como álcool isopropílico (IPA) enquanto o etanol é o álcool etílico (EtOH). Como os tipos de átomos contidos nessas moléculas são os mesmos, eles possuem algumas características semelhantes, mas pelas diferenças de estrutura, possuem utilidades diferentes.

Estrutura química

A molécula do isopropanol é levemente maior que a do etanol. A do isopropanol é C3H8O enquanto a do etanol é C2H6O. Isso significa que, apesar de os dois possuírem os mesmos tipos de átomos, carbono, hidrogênio e oxigênio, suas propriedades são diferentes devido à variação no número de átomos.

Usos

Ambos os álcoois possuem propriedades anti-sépticas. Apesar dos dois serem usados para tratar machucados, o isopropanol é mais eficiente como anti-séptico para a limpeza da pele. Segundo dados da Administração de Alimentos e Medicamentos Norte Americana (FDA), o etanol com concentrações entre 60 e 95 % e o isopropanol de 70 a 91% são seguros e eficazes para a limpeza da pele para cirurgias, e para que agentes de saúde lavem suas mãos. O isopropanol é muito usado também como solvente em várias aplicações, como revestimento e tintura, agentes de limpeza e secagem e em produtos farmacêuticos e cosméticos. Apesar do isopropanol não servir para consumo humano, o etanol pode ser consumido se puro. O etanol produzido por fermentação é usado na fabricação de whisky, cerveja e vinho, por exemplo. Também é usado, puro, como combustível de automóveis. Para consumo humano, normalmente mistura-se 40 % de álcool a 60% de água. Por outro lado, quando usado como combustível, ele é destilado para garantir sua pureza. Também é usado como biocombustível em sistemas de aquecimento e iluminação.

Efeitos

Ambos têm efeitos negativos no organismo se ingeridos em altas doses, mas o isopropanol é quase duas vezes mais tóxico que o etanol. Os sintomas da ingestão de isopropanol aparecem rapidamente, dentro de 30 minutos. Eles incluem vômitos, dor de cabeça, diarréia e falta de coordenação, podendo até levar à morte em caso de ingestão em grande quantidade. Os efeitos do etanol aparecem algumas horas após a ingestão. É menos comum que seu consumo resulte em coma ou morte do que o de isopropanol.

Álcool desnaturado e álcool de uso tópico

O álcool desnaturado é uma forma de etanol. Como o etanol puro pode ser consumido, no álcool desnaturado são adicionadas substâncias tóxicas e de gosto desagradável, tornando-o impróprio para o consumo. Substâncias comumente adicionadas incluem metanol, isopropanol ou gasolina. O álcool de uso tópico é uma forma de isopropanol. Normalmente é uma solução de isopropanol com 70% de água. Algumas vezes, uma mistura de isopropanol e etanol é usada para esse fim.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível