Doenças da Nogueira Inglesa

Escrito por richard hoyt | Traduzido por maria renata c. m. siqueira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças da Nogueira Inglesa
A nogueira inglesa tem quatro típicas doenças que devem ser combatidas. (old english oak tree image by Doug Stacey from Fotolia.com)

A nogueira inglesa, famosa por suas deliciosas nozes, também é usada para decoração. Além disso, por ter um crescimento de membros expansivo, são boas para fazer sombra. Quatro principais doenças estão associadas à nogueira inglesa: míldio da noz, mancha nas folhas da noz, blackline, mosca da casca.

Outras pessoas estão lendo

Míldio da Noz

O míldio da noz é uma infecção pela bactéria Pseudomonas juglandis ou Xanthomonas campestris pv. Juglandis. O míldio da noz causa pontos pretos nas folhas e manchas ou buracos nas nozes. Também pode matar os galhos. Quando o amento masculino é afetado, as nozes podem sofrer um grande dano. Os maiores estragos são em tempo fresco e úmido, na época de floração. O míldio da noz afeta majoritariamente plantações novas e nozes.

Um pH básico, acima de seis, previne o míldio da noz. Podar para facilitar a aeração e evitar o excesso de umidade e nitrogênio também ajuda.

As partes danificadas devem ser cortadas e queimadas. Um fungo combatente de mistura Bordeaux; uma mistura de cal fino e sulfato de cobre em pó, disponível comercialmente, também pode ser aplicada.

Mancha nas Folhas das Nozes

O fungo popularmente chamado de antracnose ou Marssonina juglandis, Gnomonia leptostyla, ou Marssonella juglandis, faz com que as nozes fiquem pretas e caiam. O fungo causa manchas marrons nas nozes e nas folhas, e a maioria acaba caindo.

Mancha nas folhas se espalha normalmente em maio e começo de junho, durante o tempo úmido. Já que sobrevive no inverno quando as folhas caem, as folhas devem ser queimadas. Em alguns casos, a mistura Bordeaux pode ajudar a combater as manchas na folha.

Blackline

A blackline é uma doença viral que gradualmente mata o topo das nogueiras e causa uma proliferação de galhos nascendo das raízes. É comum na área portuária de São Francisco , norte da Califórnia e em partes do Oregon.

É impossível controlar este vírus, mas a parte morta deve ser removida, e três ou quatro brotos devem se desenvolver para uma nova copa.

Mosca da Casca

As pequenas e coloridas Moscas da Casca passam a maior parte da vida debaixo da terra, subindo no verão para botar seus ovos nas cascas de nozes em amadurecimento. Os ovos, em torno de 15 em cada casca, viram larvas. As larvas se alimentam da noz por três a cinco semanas. Quando estão maduras, elas são amarelas com boca preta e têm em torno de 0,62 centímetros. Elas caem no solo e se enterram para começar um novo ciclo.

A casca pode se tornar preta e mole. A carne pode parar de crescer e ficar mofada. Algumas vezes, a casca estará manchada, mas a noz ainda estará boa para comer.

Coloque as cascas infectadas em uma bolsa selada. GF-120 e Sinosad (ou outras marcas) são usados para matar a mosca da casca. São misturados com melaço para formar uma isca que é aplicada nas árvores.

Notas

Na Califórnia, agricultores podem usar GF-120; mas usuários caseiros só podem usar Spinosad.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível