Dor ciática ou estiramento na coxa?

Escrito por nicole murray | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dor ciática ou estiramento na coxa?
Dores nas pernas: ciática ou estiramento muscular? (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

É fácil confundir as dores causadas pelo nervo ciático e pelo estiramento da musculatura da parte de trás da coxa porque ambos têm sintomas com localizações similares.

A dor ciática surge quando o nervo principal da perna, o ciático, sofre uma irritação ou pinçamento. Isto espalha a sensação dolorosa pelas nádegas, coxas e canelas.

Na parte de trás da coxa, existem três músculos: o bíceps femoral, o semitendinoso e o semimembranoso. Se um deles sofre um estiramento, a perna dói.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

A ciática é um sintoma de um problema maior que é mais comum em adultos entre os 30 e 50 anos e que, em geral, está ligado ao uso e abuso da nossa estrutura lombar. O problema causa dores que podem ser leves ou até extremas na parte mais baixa das costas, nas nádegas e nas pernas. Porém, é importante entender que o nervo ciático passa pelo conjunto de três músculos da parte traseira da coxa até as nádegas.

As funções

O conjunto de três músculos da parte de trás da coxa têm duas funções primárias: flexionar e dobrar o joelho quando a perna se "fecha". À medida que o quadril se hipertensiona, o conjunto é usado para estender ou para endireitar o quadril. A dor ciática é causada por um músculo chamado iliopsoas e cuja função é fazer a rotação do quadril, garantindo assim uma pressão dos ossos e do músculo sobre o nervo ciático. O iliopsoas tem origem na vértebra lombar anterior que passa pelo quadril indo até a parte superior e interna do osso da coxa.

Prevenção/solução

Para ajudar o nervo ciático, o melhor é exercitar e alongar este conjunto de músculos da coxa. Além disso, é importante manter uma postura correta ao se sentar.

Um estiramento desta musculatura deve ser tratado com gelo. Um anti-inflamatório e relaxante muscular (como o ibuprofeno) reduzirá o inchaço e a dor, além de aliviar a inflamação.

Uma rotina diária de exercícios de ioga ou outras atividades que envolvam alongamento fortalecerão tanto os músculos quanto o nervo ciático. Em casos mais graves, o médico pode indicar uma injeção epidural de esteroide ou mesmo uma cirurgia.

Mitos

É fácil confundir os dois problemas. Porém, a ciática tem origem na parte externa da coxa, enquanto o estiramento muscular ocorre no centro da mesma área. O pinçamento do nervo ciático gera uma dor que varia de leve à intensa nos quadris, na região lombar, nas nádegas e até na perna toda, chegando inclusive ao pé.

Dois testes podem ajudar a diferenciar estes problemas. Deite de costas com as pernas estiradas e levante uma delas. Se este movimento for doloroso, trata-se de um caso de estiramento muscular. A ciática fica caracterizada quando há dor no momento em que dobramos o pé em direção ao joelho.

Cuidados

Certos problemas de saúde e escolhas que fazemos em relação ao nosso estilo de vida colaboram muito para o desenvolvimento da ciática ou do estiramento muscular.

Pessoas que trabalham carregando peso e dirigindo por longas distâncias têm um risco maior de problemas com o nervo ciático. O mesmo acontece com qualquer um que trabalha sentado por várias horas seguidas.

Os diabéticos têm um risco maior de sofrer danos neste nervo.

A ciática se desenvolve, em geral, em pessoas acima dos 30 anos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível