Os efeitos do cobalto na saúde

Escrito por jay jay waltz | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos do cobalto na saúde
A exposição a níveis elevados de cobalto é consideravelmente perigosa e pode causar graves implicações de saúde (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O cobalto é um elemento natural, que pode ser encontrado em rochas, no solo, na água, nas plantas e nos animais. Esse composto existe nas formas não radioativa e radioativa. O cobalto usado na produção de ligas nos processos de fabricação é um aço cinza metálico brilhante, não radioativo. A forma radioativa é utilizada na esterilização de equipamentos médicos, irradiação de alimentos, tratamento de pacientes com câncer e na fabricação de plásticos. Esse minério é benéfico ao corpo, mas a exposição a níveis elevados pode ser prejudicial.

Outras pessoas estão lendo

Efeitos benéficos à saúde

O cobalto é benéfico para os seres humanos, pois faz parte do complexo de vitaminas B12 que auxilia na formação dos glóbulos vermelhos e preserva os tecidos nervosos. Por essa razão, esse mineral é utilizado no tratamento da anemia, pois ajuda a produção das hemácias. As fontes de alimentos que contêm cobalto incluem as folhas verdes dos vegetais, carne, fígado, leite, ostras e moluscos.

Efeitos na saúde causados pelo cobalto radioativo

O cobalto radioativo é extremamente perigoso à sua saúde. Se os raios gama emitidos pelo Cobalto-60 ou o 57 penetrarem no corpo humano, eles podem causar danos às células. É extremamente prejudicial tocar em cobalto radioativo. A exposição pode causar náuseas, vômitos, diarreia, hemorragia, coma e até a morte. Um indivíduo exposto a esse elemento tem grandes chances de desenvolver câncer, pois a radiação muda a composição genética dentro da célula.

Efeitos causados ao aparelho respiratório

Sais, pó de metal e poeira contendo cobalto podem ser respirados e causar danos ao sistema respiratório. Respirar o minério pode causar asma, pneumonia, inflamação da nasofaringe e chiado no peito. A Occupational Safety and Health Administration (OSHA) estabeleceu o limite de 0,1 mg/m3 de cobalto não radioativo em um ambiente de trabalho, em uma jornada de oito horas diárias e 40 horas semanais.

Efeitos do cobalto em outros órgãos

O cobalto pode afetar outras partes do corpo. A dermatite alérgica é um dos efeitos que podem ocorrer na pele. A OSHA observou a ocorrência de doença cardíaca isquêmica em trabalhadores expostos à poeira de metais duros. O cobalto demonstrou causar um efeito goitrogênico nos trabalhadores expostos por longos períodos. Perda auditiva progressiva e atrofia do nervo óptico também são atribuídas à exposição ocupacional ao pó de cobalto, quando o indivíduo é submetido a um período de exposição superior a 20 meses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível