Ensinando a estrutura celular para alunos do ensino fundamental

Escrito por angela neal Google | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Ensinando a estrutura celular para alunos do ensino fundamental
Encontre ideias interessantes para ensinar seus alunos a estrutura das células (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Algumas crianças já gostam de aprender sobre ciências e, nesse ponto, é bom para elas aprender sobre a estrutura e a função celular de uma forma inovadora. Permita que os estudantes do 5º ano aprendam usando microscópios para visualizar as partes da célula e passe projetos interessantes para ensiná-los sobre o funcionamento das células.

Outras pessoas estão lendo

Apresentações

Forneça para cada aluno ou para cada grupo pequeno de 2 ou 3 estudantes uma lâmina com um tipo diferente de célula - uma célula de planta, uma de animal, um vírus ou uma bactéria para serem analisados sob o microscópio. Peça para que escrevam ou desenhem o que veem na célula ou dentro dela. Peça para que eles façam uma apresentação breve para a classe. Eles deverão explicar o tipo de célula que visualizaram sob o microscópio e descrever as características e partes específicas que tornam esse tipo diferente dos outros.

Mapa da cidade de célula

Esse projeto os ajudará a entender as funções de cada parte de uma célula. Forneça para cada aluno um pedaço grande de papel e peça para que desenhem o contorno de uma "cidade", que representará a membrana da célula - a parte que a mantém unida e o seu conteúdo seguro, como o muro da cidade. Peça para que desenhem o núcleo no centro da cidade de célula e nomeie-o de "prefeitura", porque ele controla o resto da célula. Nomeie a mitocôndria da célula como "usina de energia da cidade", porque ela transforma os alimentos em energia. Peça para as crianças visualizarem as lâminas de microscópio e "encontrar seu caminho" ao redor das cidades de células.

Lâmilas de células dos alunos

Muitas vezes, é mais interessante para as crianças visualizarem suas próprias células sob um microscópio e aprender sobre as partes microscópicas que formam seus corpos. Peça para que cada aluno retire um fio de seu próprio cabelo, corte cerca de 1 cm de comprimento e coloque-o em uma lâmina de microscópio. Para fazer com que as células do cabelo fiquem mais visíveis, peça para que eles coloquem uma pequena gota de iodo no fio. Isso é chamado de "coloração não-vital", porque estão tingindo células para visualização sob um microscópio que não estão mais vivas. A partir do que aprenderam sobre as células e sua estrutura, organize uma atividade orientada em sala para que eles discutam e descrevam o que visualizaram.

Manual de instruções da célula

Peça para cada aluno juntar seis folhas de papel branco, alinhar, dobrar e grampear as bordas de modo a fazer um pequeno caderno. Peça para que decorem o caderno que acabaram de fazer com lápis de cor, canetas ou marcadores e intitulem-no "Manual de Instruções da Célula". Solicite que visualizem diferentes células sob o microscópio e que desenhem cada estrutura diferente perto da parte superior de cada página. Embaixo dos desenhos, eles deverão escrever as funções de cada parte da célula e como elas trabalham em conjunto com as outras estruturas para manter a célula viva e funcionando.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível