Epilepsia e convulsões no lobo frontal

Escrito por melissa kelly | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Uma convulsão é um episódio de contrações musculares involuntárias e de uma alteração do estado de consciência que ocorre de repente. Existem vários tipos diferentes de epilepsia e convulsões, e os sintomas podem variar dependendo do tipo.

Outras pessoas estão lendo

Significância

As convulsões associadas com a epilepsia do lobo frontal são classificadas como convulsões parciais, que são caracterizadas por uma carga elétrica anormal isolada a uma área do cérebro, nesse caso, o lobo frontal.

Causas

A descarga elétrica que causa uma convulsão originada no lobo frontal é frequentemente atribuída a fatores hereditários. Essa é a segunda forma mais comum de epilepsia, depois da epilepsia do lobo temporal.

Ocorrência

Os pacientes com epilepsia do lobo frontal sofrem convulsões parciais com mais frequência durante o sono. Durante a convulsão, uma pessoa pode apresentar falta de controle muscular, como movimentos de pedalar ou impulsionar-se. Alguns relatos também indicam que os pacientes riem descontroladamente ou gritam durante uma convulsão parcial no lobo frontal.

Sintomas

Os sintomas podem variar significativamente, dependendo da localização específica da convulsão. Eles podem variar de mudanças motoras ou tônicas a ajustes comportamentais. Às vezes, os sintomas podem nem ser evidentes a menos que o sinal se espalhe a outras áreas do cérebro, causando um tipo diferente de convulsão.

Tratamento

A epilepsia do lobo frontal é tratada com medicamentos para convulsões parciais ou através de estimulação nervosa. Em casos graves, a cirurgia pode ser uma opção de tratamento se os métodos citados anteriormente não forem eficazes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível