O que escultores usam para fazer esculturas

Escrito por frank b. chavez iii | Traduzido por joana pires
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que escultores usam para fazer esculturas
Antigos escultores gregos usavam mármore e bronze (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A palavra escultura vem da palavra latina "sculpere", que significa "cortar". Artistas têm criado esculturas desde os tempos pré-históricos, a partir de uma ampla gama de materiais. Escultores antigos estavam limitados aos materiais naturais, como pedra ou madeira, mas escultores modernos trabalham com ambos os materiais, naturais e artificiais, incluindo plástico e uretano.

Outras pessoas estão lendo

Técnicas

Escultores possuem um certo número de técnicas à disposição. Entalhes envolvem a remoção de pedra ou madeira a partir de um pedaço maior, até tomar a forma desejada. Fundição é o processo de criação de uma forma desejada, criando primeiro um molde e, em seguida, preenchendo-o com material líquido, como metal fundido ou gesso, e permitindo que endureça. Quando material solidifica-se, o molde é removido. A modelagem é o processo de construção da forma desejada a partir de um material macio, como argila ou cera. A montagem é o processo de criação de uma escultura de uma variedade de materiais, incluindo papel, madeira e têxteis.

Materiais

Escultores trabalham com uma grande variedade de materiais naturais e artificiais. Modeladores trabalham com argila, gesso, cera e papel machê. Esculturas são feitas em mármore e outras pedras, madeira, ossos e até mesmo de plástico e sabão. As entalhadas são feitos de bronze, chumbo e gesso. As montadas são feitas com qualquer material que o artista considere útil, incluindo pedaços de madeira, fios, chapas de metal e itens de uso diário.

Ferramentas

As ferramentas utilizadas em esculturas variam de acordo com o material e o tipo de escultura. Por exemplo, um escultor trabalhando em uma escultura pode usar cinzéis, martelos, brocas, serras e goivas. Artistas que trabalham em argila ou cera normalmente criam o trabalho com as mãos. Um artista que trabalha em uma escultura de bronze pode utilizar o processo de cera perdida, onde constrói um modelo da escultura de gesso ou argila e, em seguida, cobre-o com cera e a coloca em um molde, aquecendo-a até que se desapareça. O artista derrama o metal fundido no interior do espaço preenchido com cera. Depois que o metal endurece, o artista rompe o molde e remove o modelo de gesso.

Exemplos

Os antigos escultores gregos dos séculos 5 e 4 a.C. são conhecidos por suas representações de seres humanos idealizados feitas em bronze e mármore. Os antigos romanos copiaram as esculturas gregas idealizadas, mas também criaram retratos humanos realistas. Durante a Idade Média, escultores anônimos, principalmente, decoravam as grandes catedrais romanas e góticas, com esculturas retratando figuras e cenas da Bíblia. Durante o Renascimento, Florença, na Itália, tornou-se famosa por sediar escultores importantes, incluindo Lorenzo Ghiberti, Donatello e a família Della Robbia. No entanto, o mais famoso escultor renascentista é Michelangelo Buonaratti, cujo trabalho inclui a representação da Virgem Maria e Cristo crucificado, chamado de Pieta, o deus do vinho greco-romano Baco e a estátua de 4,20 cm de altura do herói bíblico Davi. Algumas esculturas modernas famosas incluem "Head of a bull, Metamorphosis", de Pablo Picasso "Caress of a Bird", de Joan Miró, e "Cabeça hierática de Ezra Pound", de Henri Gaudier-Brzeka.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível