O estilo inconfundível de Pablo Picasso

Escrito por michelle powell-smith | Traduzido por ingrid marçal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O estilo inconfundível de Pablo Picasso
Les demoiselles d'Avignon, um dos quadros mais famosos pintados por Picasso em 1907 (http://www.flickr.com/photos/wallyg/563354141/)

Pablo Picasso está entre os artistas mais criativos e versáteis do século XX. O estilo de suas obras varia. As mais antigas revelam uma criança extremamente talentosa enquanto que as últimas carregam a marca do esforço do artista nos períodos mais produtivos de seus últimos anos de vida. Influenciado pelo cenário artístico que o cercava, Picasso acabou criando um estilo próprio que ainda hoje tem grande influência na arte.

Outras pessoas estão lendo

O talento

Picasso era desenhista, pintor e escultor. Costumava criar colagens, trabalhou também com argila, e criou cenários e trajes para peças teatrais. Seu estilo mudou muito durante os períodos de sua vida, o que impactou em todo seu trabalho como artista.

Juventude

Os primeiros trabalhos de Picasso (1896-1905), revelam um jovem artista de traços clássicos. Ele era claramente consciente da arte vital e energética que o rodeava, influenciado pela arte moderna e obras do passado.

Cubismo

Trabalhando com ângulos e formas geométricas simples, além de clássicas técnicas de sombreamento, Picasso se tornou o pai do cubismo. O estilo cubista de Picasso foi desenvolvido no decorrer dos anos de 1906 a 1910, sendo a obra Demoiselles d'Avignon considerada a primeira obra produzida em estilo cubista.

Classicismo

Após a Primeira Guerra Mundial, Picasso recuperou suas raízes clássicas. As obras produzidas nos anos de 1930 revelam a familiaridade do artista com o movimento surrealista em cores ousadas, formas extravagantes e uma justaposição tanto quanto lúdica de imagens.

Picasso como um artista político

Picasso foi o mais famoso artista de sua época. A obra Guernica é o mais conhecido retrato do fascismo e da brutalidade da guerra civil espanhola no país do artista.

Os últimos anos

Os últimos anos de vida foram os mais produtivos de Picasso. O artista reproduziu em suas obras a mulher que amava e as pessoas que lhe eram importantes. Picasso também criou obras baseadas nos trabalhos dos "Old Masters of Europe" (artistas europeus que viveram e produziram obras antes de 1800).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível