Explicando a equivalência massa-energia

Escrito por james chen | Traduzido por seiji shibukawa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Explicando a equivalência massa-energia
Todos conhecem a famosa fórmula, entendê-la, porém, é outra história (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O conceito de equivalência massa-energia de Einstein, resumido na simples e muito famosa equação E=mc², é visto, atualmente, como um dos grandes pilares da física moderna.

Outras pessoas estão lendo

História da fórmula

A teoria de equivalência de massa-energia de Einstein foi, em parte, resultado de sua teoria sobre o efeito foto elétrico. Suas fórmulas indicavam uma equivalência entre o movimento de um corpo com massa e a energia nele contida.

Explicando os termos da fórmula

A equação E=mc² é lida como "a energia (E) de um corpo em repouso é igual ao produto de sua massa (m) com o quadrado da velocidade da luz (c², sendo c a constante de velocidade da luz)".

Entendendo seu significado

O conceito de equivalência massa-energia diz que qualquer matéria possui uma energia associada e vice-versa, unindo, assim, os conceitos de conservação de massa e energia já anteriormente conhecidos.

Significância para a física moderna

O famoso conceito de Einstein revolucionou o mundo da física moderna, sendo o ponto de origem para toda a área de ciência nuclear e suas ramificações. Bombas nucleares, por exemplo, nunca poderia ser conceituadas, muito menos construídas, sem o entendimento da equivalência de massa-energia.

Aplicações da fórmula

Usando a fórmula E=mc² é possível calcular a energia equivalente a qualquer massa. Em unidades do SI, E = (1kg)(≈3x10^8)^2 ≈ 9^16 Joules. Em outras palavras, em um quilograma de matéria há aproximadamente 90 quatrilhões de Joules. Isso explica como o único quilograma de matéria fissionada na bomba atômicas de Nagasaki conseguiu liberar energia equivalente a 21 quilotons de TNT.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível