Explicando a fotossíntese

Escrito por eric tilden | Traduzido por andre trapani possignolo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Explicando a fotossíntese
Acredita-se que os maiores abastecedores de oxigênio do planeta sejam os fitoplânctons dos oceanos (ocean image by Yulia Volodina from Fotolia.com)

A fotossíntese permite que as plantas convertam a luz em alimento, removendo dióxido de carbono da atmosfera e liberando oxigênio. Sem plantas para realizar a fotossíntese, o oxigênio em nosso planeta acabaria e todos os que dependem dele sufocariam em uma atmosfera rica em dióxido de carbono.

Outras pessoas estão lendo

Definição

A fotossíntese é o processo pelo qual as plantas convertem a luz do sol em energia e reservas de açúcar. Para isso, elas utilizam um pigmento verde especia,l chamado clorofila.

Fórmula química

A fórmula química da fotossíntese é escrita pelos químicos desta forma:6H2O + 6CO2 --> C6H12O6 + 6O2. Isto pode ser lido como seis moléculas de água mais seis moléculas de dióxido de carbono produzem uma molécula de glicose e seis de oxigênio.

Processo

As plantas absorvem a luz azul e vermelha pela membrana tilacoide de suas células, convertendo-as em energia química, conhecida por adenosina trifosfato (ATP). Dentro do cloroplasto, o dióxido de carbono é combinado com os componentes do processo do ATP para formar a glicose.

Estrutura da folha

O processo de fotossíntese inicia-se com a captação da luz solar pelas folhas. Estas são cobertas por uma cutícula de cera que permite a retenção de água. Buracos chamados estômatos permitem que o dióxido de carbono entre e que o oxigênio saia. As células do xilema dentro dos vasos transportam água das raízes às folhas para que a fotossíntese possa ocorrer.

Clorofila

A clorofila é uma molécula complexa que absorve os raios solares. Existem quatro tipos, A, B, C e D. O tipo A, encontrado em todos os organismos que realizam fotossíntese, absorve espectros de luz próximos ao azul e ao violeta. Já a clorofila tipo B é associada a carotenoides, ela não realiza conversão de energia, apenas transfere para a clorofila “a” a energia captada do fóton para que se faça a conversão. As clorofilas tipo C e D são encontradas em algas e cianobactérias, são uma adaptação de plantas que vivem abaixo de cinco metros de profundidade, aonde as cores absorvidas pelo tipo A não chegam.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível