O que é a falha de San Andreas?

Escrito por matthew fortuna | Traduzido por rafael ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A falha de San Andreas é uma grande transformação que ocorre na California. Ela é resultado das placas tectônicas que movem-se abaixo da superfície da Terra, e se estendem por 1.287 km, no estado mais populoso de todo o país. A falha é conhecida como uma rachadura que separa a grande Placa do Pacífico e a Placa Norte-Americana, causando alguns dos maiores terremotos do oeste dos Estados Unidos.

Outras pessoas estão lendo

Segmentos do sul e do centro

A falha das placas de San Andreas espalham-se horizontalmente e estão localizadas próximas a três importantes lugares. Dois deles são os segmentos do sul e do centro. O segmento do sul estende-se desde as montanhas de San Bernardino até o Mar Salton, sendo caracterizado por uma taxa de 140 a 160 terremotos por ano. O segmento central é uma falha mais dormente que está em uma cordilheira, dessa forma, menos tremores são produzidos.

Segmento do norte

A falha que está no segmento do norte de San Andreas atravessa as montanhas de Santa Cruz e foi bastante responsável pela formação delas. Em 1906 e 1989, aconteceram terremotos, e uma parte da cordilheira ficou submersa, tornando possível a produção de grandes ondas e até mesmo ondas gigantes.

O movimento das placas

O movimento da falha das placas de San Andreas ocorre em um ritmo e padrão uniforme. Por séculos tem sido assim. As grandes placas do oceano pacífico movimentam-se lentamente para o noroeste, enquanto as placas do leste da falha movimentam-se lentamente para o sudoeste, fazendo com que elas se choquem.

As pesquisas de San Andreas

Parfkield é o local onde ocorreu um dos maiores terremotos produzidos por San Andreas, sendo estabelecido como um dos epicentros de pesquisa sobre terremotos do mundo. Essa área tem produzido grandes terremotos de magnitude 6.0 a cada 22 anos. É o local onde está sitiado o "San Andreas Fault Observatory at Depth" (Observatório de profundidade da falha de San Andreas), que está planejando perfurar um buraco de 3 km na crosta da Terra.

Os terremotos mais notáveis

Como mencionado anteriormente, a falha de San Andreas produziu um dos maiores terremotos que já abalaram os Estados Unidos. Entre eles, estão os notáveis Fort Tejon, de 1857, que teve uma magnitude de 8.0 e rompeu cerca de 320 km no norte da Califórnia; o terremoto de San Francisco de, 1906, que matou aproximadamente 3.000 pessoas; e o Loma Prieta, de 1989, que interrompeu os jogos mundiais de 1989, causando um estrago de milhões de dólares na baía de San Francisco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível