Fatos sobre a alimentação de um filhote de São Bernardo

Escrito por rena sherwood | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatos sobre a alimentação de um filhote de São Bernardo
Filhotes de São Bernardo não devem comer imediatamente após algum exercício (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Filhotes de São Bernardo são fofos e bonitinhos, mas vêm com um apetite enorme e uma grande advertência. A dilatação vólvulo gástrica ou inchaço — onde o estômago se enche de ar — é um problema de saúde sério em animais dessa raça. Os filhotes são mais propensos a essa condição por causa do peito profundo, mas estreito, então tome cuidado e determine quando e o quanto alimentar seu filhote.

Outras pessoas estão lendo

Período de tempo

Alimente um filhote de São Bernardo três vezes por dia: pela manhã, à tarde e à noite. Para evitar o inchaço, não dê comida a ele uma hora antes ou depois de se exercitar. Remova qualquer alimento que ele não tenha terminado de comer depois de quinze ou vinte minutos e não deixe a comida ao seu alcance o dia inteiro, pois o filhote pode comer demais. Alimente-o longe de outros animais para que ele não coma muito rápido. Entre em contato com um veterinário imediatamente se o filhote apresentar sinais de inchaço, como babar excessivamente e ânsias, porém sem vômito, dentro de uma hora após comer.

Quantidade de alimento

Alimente os filhotes de São Bernardo com duas xícaras de ração divididas em três refeições todos os dias. Conforme ele cresce, ele chegará a comer quatro xícaras de comida por dia. Filhotes podem comer uma xícara de ração seca e uma de comida enlatada. A ração incha no estômago, então evite usar somente ela, aconselha Joan Hustace Walker, autor de "Saint Bernards". Para evitar o inchaço, os filhotes devem beber apenas alguns goles de água após comer. Durante o resto do dia, deixe a água acessível a eles.

Peso

Os filhotes de São Bernardo precisam manter um peso ideal. Um veterinário pode determinar qual é esse peso para cada animal. Filhotes acima do peso são mais propensos a desenvolver displasia do quadril ou do cotovelo, diz Walker. A ração para filhotes possui um maior número de calorias do que a de adultos. Troque o alimento de um filhote para ração de adultos quando ele atingir seis meses de vida para evitar a obesidade.

Aviso

Em 2005, Elsie, um filhote de São Bernardo de seis meses de vida, engoliu uma faca de corte serrada de 33 centímetros. Felizmente, ela engoliu primeiro o cabo e sobreviveu o bastante para ter o objeto removido cirurgicamente. Acredita-se que Elsie foi atraída para a faca porque ela tinha sido utilizada para cortar um peru. Nunca deixe objetos perigosos ao alcance de um filhote.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível