Mais
×

Fatos sobre hiperbilirrubinemia em adultos

Atualizado em 17 abril, 2017

Um adulto experimentando hiperbilirrubinemia desenvolve icterícia, devido ao excesso de bilirrubina circulando em seu sangue. Bilirrubina se forma quando glóbulos vermelhos velhos são metabolizados pelo fígado, e hiperbilirrubinemia pode sinalizar que uma pessoa tem uma doença grave.

O abuso de álcool é uma causa comum de hiperbilirrubinemia (alcohol image by Andrey Rakhmatullin from Fotolia.com)

Causas físicas

As causas mais comuns de hiperbilirrubinemia em adultos incluem o abuso de álcool, doença hepática e inchaço, cálculo biliar e câncer no pâncreas.

Causas farmacêuticas

Antibióticos como a eritromicina e análogos de penicilina, contraceptivos orais, esteroides, cimetidina (como Tagamet da GlaxoSmithKline), imipramina (como Tofranil da Tyco), sais de ouro, nitrofurantoína (como Macrobid da Procter & Gamble) e sulindac (como Clinoril da Merck) também podem causar hiperbilirrubinemia.

Sintomas

O mais comum, e normalmente único sintoma de hiperbilirrubinemia, é o amarelamento da pele e do branco dos olhos. Pacientes com hiperbilirrubinemia induzida por drogas também podem sentir coceira, náuseas, fezes claras, urina escura, erupções e febre.

O que Hiperbilirrubinemia pode significar

Hiperbilirrubinemia em adultos pode indicar anemia, reação a uma transfusão, câncer do ducto biliar ou infecção, obstrução do ducto biliar, cirrose no sangue, coagulação, distúrbios do metabolismo por bilirrubina congênita (doença de Gilbert), hepatite ou cobre demais no sangue (doença de Wilson).

Tratamento

A cura da hiperbilirrubinemia em adultos requer o tratamento da causa da doença.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article