Glândulas salivares hiperativas em cães

Escrito por emily stokes | Traduzido por ágata erhart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Glândulas salivares hiperativas em cães
Aprender sobre a saúde oral do cachorro e as tendências de doenças da raça pode ajudar você a reconhecer o excesso prejudicial de saliva (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Glândulas salivares hiperativas em cães podem significar diversas coisas, e algumas delas são mais preocupantes do que outras. Algumas raças de cães simplesmente salivam mais, enquanto em outras, a salivação indica um sintoma de doença. Se você perceber que seu cachorro baba mais do que o normal, é melhor procurar um veterinário para ter uma opinião profissional. É importante também chegar ao consultório entendendo um pouco das questões que envolvem a saúde da salivação de seu cão.

Outras pessoas estão lendo

O sistema canino de regulação da temperatura interna

Arfar e salivar, para os caninos, são modos de resfriamento, sendo assim geralmente normais. Enquanto os seres humanos suam para se manterem refrescados, o sistema de refrigeração canina funciona principalmente através da evaporação pela língua, que resfria o sangue perto da garganta e da cabeça. É importante que os cães recebam água em abundância para que esse processo funcione corretamente. Eles também devem ser mantidos longe de aquecimento extremo para evitar insolação, pois isso pode causar salivação excessiva ou respiração ofegante, tornando-se uma ameaça à vida.

Saúde da boca e salivação

Se a salivação de seu cachorro parece excessiva e desnecessária, ele pode estar sofrendo de infecção nos dentes ou na boca, cistos, doença periodontal ou tumores salivares. A doença periodontal e outras infecções orais podem causar salivação nos cães como uma resposta à dor ou como tentativa de limpar a boca. Do mesmo modo, os cistos podem ser causados por pequenos cortes ou lacerações na cabeça, ou na área da mandíbula, e podem causar danos à glândula. Como resultado, isso pode fazer com que a saliva vaze das glândulas para o interior da boca em forma de um cisto mucoso cheio de líquido. Embora sejam raras, as infecções da glândula zigomática também podem ser a causa da salivação, causando olhos protuberantes e boca sensível. Uma infecção zigomática requer a remoção da glândula. Apesar de raros, os tumores salivares podem manifestar-se como nódulos ao lado da boca ou na língua, e geralmente são malignos. Se detectados precocemente, podem ser removidos, aumentando as chances de seu cão recuperar totalmente a saúde.

Ptialismo e raças suscetíveis

Ptialismo é o termo médico para salivação excessiva, conhecida também como hipersalivação. Esse problema é mais comum entre algumas raças que possuem riscos mais altos de desvio portossistêmico, que afeta o modo que o fígado do cachorro processa as toxinas. Cães jovens também podem ser mais suscetíveis a essa desordem, mais comum em Yorkshire Terriers, Malteses, Australian Cattle Dogs, Mini Schnauzers e Irish Wolfhounds. Da mesma forma, a ampliação hereditária do esôfago e a salivação podem ser comuns em Fox Terriers de pelo duro, Mini Schnauzers, Shepards Alemães, Terras-Nova, Shar-pei Chineses, Greyhounds e Retrievers. Outras raças, como o Mastiff e o São Bernardo, são conhecidos pela salivação excessiva como um atributo específico.

Outras causas possíveis

A salivação excessiva é um efeito colateral comum em outras doenças diversas, por isso é tão importante ter a opinião de um profissional sobre o caso de seu cão. Apesar de muitos cachorros salivarem devido à exposição ao calor, predisposição da raça ou estresse, alguns podem ter esse problema como resultado de uma condição mais séria. Raiva, cinomose e pseudo-raiva podem induzir a salivação no seu cachorro e podem ser motivo de preocupação caso ele não esteja com a saúde completamente em dia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível