Herpes-vírus versus herpangina

Escrito por rene f. najera | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Herpes-vírus versus herpangina
O HSV-1 causa as aftas ou bolhas da febre (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

As infecções virais da pele causam apenas uma leve erupção com prurido em bolhas ou úlceras dolorosas. Os vírus da herpes simples provocam úlceras cutâneas em torno da boca e da área genital. A herpangina é uma infecção pelo vírus coxsackie do grupo A. Essas infecções virais não são curáveis e podem ser mortais aos indivíduos com sistemas imunológicos enfraquecidos.

Outras pessoas estão lendo

Vírus da pele

Embora seja resiliente, a pele é suscetível à infecção através de suas muitas glândulas, poros e folículos pilosos. Os vírus se manifestam como erupções quando a infectam. As erupções podem assumir a forma de um simples rubor e prurido cutâneo, ou vesículas cheias de pus e dolorosas ao toque. O herpes-vírus e o vírus coxsackie são dois tipos que atacam a pele.

Herpes simples tipo 1

O herpes simples tipo 1 (HSV-1) infecta principalmente a pele facial, em especial ao redor dos lábios. É esse vírus que causa as aftas ou bolhas da febre. O HSV-1 é muito infeccioso e se dissemina por surtos na pele ou membranas mucosas. Depois do desaparecimento das úlceras, o vírus ainda está na pele, causando recidivas das bolhas durante meses ou anos após a infecção inicial. Em casos avançados, migra via nervos para outras partes do corpo. Pode causar encefalite ou meningite em pessoas com sistemas imunes debilitados.

Herpes simples tipo 2

O herpes simples tipo 2 (HSV-2) é diferente do HSV-1, mas as úlceras que causa têm tamanho, formato e duração semelhantes. A principal diferença é que as úlceras do HSV-2 ocorrem sobretudo na área genital, e por isso o vírus é considerado uma infecção sexualmente transmissível. Mesmo que as úlceras desapareçam, ainda é possível infectar outros quando o indivíduo afetado não mostra qualquer sintoma. A medicação antiviral pode diminuir a gravidade dos surtos e, ocasionalmente, prevenir a recorrência das úlceras.

Vírus coxsackie do grupo A

Herpangina (doença de mão-pé-boca) é causada pelo vírus coxsackie do grupo A. A infecção por esse vírus manifesta-se como uma enfermidade semelhante à gripe, com febre e inflamação da garganta. Pequenas úlceras, cheias de líquido, na boca e na garganta são o principal sintoma da herpangina. Úlceras semelhantes são encontradas nas plantas dos pés e nas mãos.

Prevenção e solução

Para evitar a infecção por HSV-1, HSV-2 e vírus coxsackie, evite o contato de pele com pessoas infectadas -- no caso de HSV-1 e 2, mesmo que essas pessoas não mostrem sinais da infecção. Os indivíduos afetados devem avisar seus parceiros sobre sua condição. No caso do HSV-2, o uso de preservativo reduz o risco de infecção. Aqueles infectados por vírus coxsackie estão infecciosos durante o curso da doença e por várias semanas subsequentes.

Como não há cura para essas infecções virais, são disponibilizados tratamentos para prevenir a recidiva das úlceras dos vírus da herpes simples. O tratamento da infecção por vírus coxsackie envolve o controle dos sintomas até a infecção ceder.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível