Ícones brasileiros da cultura pop da década de 1980

Escrito por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Ícones brasileiros da cultura pop da década de 1980
No detalhe, um dos ícones mais importantes do Brasil: Xuxa (Fernanda Calfat/Getty Images Entertainment/Getty Images)

Os anos 1980 marcaram o meio cultural brasileiro de uma forma especial. Recém-saídos de duas décadas sob o comando de uma violenta ditadura militar, os brasileiros puderam culturar o pop de forma livre. A mesma liberdade foi observada por artistas dos mais diversos gêneros. Depois de muito tempo, era possível fazer arte sem se preocupar com a repressão, o interrogatório e o exílio. Esse período foi chamado de "década perdida" para os países latino-americanos graças a sucessões de crises econômicas e desemprego. Ainda assim, o universo pop nacional se mostrou bastante diversificado e prolífico.

Outras pessoas estão lendo

Legião Urbana

Um dos principais ícones da década no Brasil foram os jovens da Legião Urbana, considerada por muitos a mais importante banda de rock do País. Liderado por Renato Russo, o grupo marcou a cultura pop ao lançar músicas ao mesmo tempo contestadoras e poéticas. Os destaques ficam por conta de "Que País É Este", que refletia sobre os rumos do Brasil, e "Eduardo e Mônica", uma narrativa de encontros e desencontros tendo como pano de fundo a capital do País. Renato Russo se alçou como porta-voz de uma geração que finalmente ganhava o direito de expressar seus medos, angústias e esperanças.

Ícones brasileiros da cultura pop da década de 1980
Vindos de Brasília, a banda Legião Urbana revolucionou a cena pop nacional (Reprodução)

Os Trapalhões

O quarteto composto por Didi, Dedé, Mussum e Zacarias definitivamente marcou o humor brasileiro para sempre. Os Trapalhões começaram a escalada de sucesso no final dos anos 1970, quando estrearam o programa homônimo na TV Globo. Antes disso, o grupo havia se destacado na TV Tupi e na Record. Os anos 1980 marcaram o auge da trupe que apresentava um programa com esquetes inesquecíveis até hoje. O grupo também fez grande sucesso de bilheteria com mais de vinte filmes levados às telas dos cinemas com participações de artistas brasileiros de renome.

Ícones brasileiros da cultura pop da década de 1980
Os Trapalhões levavam toda a família para a frente da TV aos domingos (Reprodução)

Xuxa

A apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel, mais conhecida como "Xuxa, a rainha dos baixinhos", foi um dos maiores destaques do cenário pop nacional a partir dos anos 1980. Xuxa começou a fazer sucesso no começo da década com o programa Clube da Criança, na Rede Manchete. Em 1986, ela passou a apresentar o programa Xou da Xuxa pela Rede Globo. Um dos símbolos da década foi a marca do "beijinho da Xuxa" feito com batom. Além de apresentar o programa, Xuxa também se destacou ao participar de campanhas como a vacinação infantil contra a poliomielite.

Ícones brasileiros da cultura pop da década de 1980
Xuxa era conhecida como a rainha dos baixinhos nos anos 80 (Fernanda Calfat/Getty Images Entertainment/Getty Images)

Armação Ilimitada

O seriado "Armação Ilimitada" foi um dos maiores sucessos televisivos da década de 1980. Transmitido pela Rede Globo no horário nobre, a série ficou no ar de 1985 até 1988, sempre atingindo picos de audiência. Produzido pelo experiente produtor Daniel Filho, o programa conquistou o público jovem ao misturar tramas de esportes e aventuras no cotidiano da zona sul carioca. Usando uma linguagem típica de videoclipes, o programa contava a história de dois amigos surfistas - Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biase) - e suas aventuras e confusões pelo Rio de Janeiro.

Ícones brasileiros da cultura pop da década de 1980
As belas praias do Rio de Janeiro eram o cenário da série "Armação Ilimitada" (Crédito: TV Globo / TV Globo)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível