Como identificar uma atrofia do nervo ótico

Escrito por james withers | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A cegueira é algo que todos, naturalmente, desejam evitar. Infelizmente, quando se começa a sofrer perda da visão devido à atrofia do nervo ótico, a verdade é que não há nada que se possa fazer. É possível, contudo, tentar desacelerar o processo para que a perda seja gradual, e não rápida. Por esse motivo, é crucial identificar os sintomas do problema para tentar salvar sua visão. Se você apresentar algum dos sintomas descritos abaixo, vá a um oftalmologista logo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Descubra se esse é um problema hereditário em sua família. Existem dois tipos de atrofia que o são: Neuropatia Óptica Hereditária de Leber e Retinose Pigmentada. O transtorno de Leber afeta jovens homens, normalmente no final da adolescência ou no começo da idade adulta, e o progresso é veloz, começando com um problema de visão em um dos olhos e afetando o segundo dentro de apenas algumas semanas. A Retinose Pigmentada começa com cegueira noturna, mas acaba virando visão em túnel. Felizmente, podem transcorrer décadas até esse transtorno causar perda total de visão.

  2. 2

    Observe se você tem visão anormal em um olho em comparação ao outro. Um problema assim pode ser apenas um sintoma de enxaqueca, mas é melhor consultar um médico se o problema persistir. Você pode ter sintomas precoces de atrofia no nervo ótico no centro do olho, o que causará uma perda gradual de visão. Os sintomas podem incluir visão lateral anormal, dificuldade para enxergar cores e visão obscurecida. Apesar de isso normalmente acontecer em apenas um olho, a atrofia óptica bilateral também pode ocorrer (quando a doença afeta os dois olhos).

  3. 3

    Teste a reação de suas pupilas à luz. Como a atrofia do nervo óptico causa degeneração das fibras nervosas vitais do olho, você perceberá que sua pupila já não responde mais à luz como antes. Isso será inicialmente percebido como um leve problema de visão, mas, certamente, resultará em perda total de visão se o problema não for tratado.

  4. 4

    Faça um exame ocular se tiver inflamação, problemas de visão ou dor no olho. Claro que ninguém deseja ter algum problema de atrofia do nervo que afete a capacidade de enxergar, mas você também não pode ignorar os sintomas óbvios. Como a perda de visão pode ocorrer rapidamente com esse problema, é fundamental que você peque pelo excesso de cautela se os sintomas forem parecidos com os citados.

  5. 5

    Leve em consideração sua dieta. A malnutrição pode ser o motivo da atrofia. Sua alimentação será uma das primeiras coisas que o oftalmologista perguntará. Vício em drogas e até em cigarro pode intoxicar seu corpo, o que causa problemas de visão. Sem uma limpeza no sistema através do uso de vitaminas para fortalecer o corpo, a perda de visão é um resultado "natural".

Dicas & Advertências

  • Certas doenças, como glaucoma, sífilis ou crescimentos tumorosos, podem levar à atrofia se não forem tratadas. Diminua suas chances de ter esse problema mantendo-se saudável e não adiando a consulta ao médico.
  • A atrofia do nervo ótico causa danos permanentes e os tratamentos para essa condição são controversos. Procure ser examinado por um oftalmologista logo se achar que pode ter esse problema. Não invista muito dinheiro em tratamentos miraculosos, cujos resultados costumam ser muito menos impressionantes que as promessas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível