Como identificar peixes e frutos do mar

Escrito por steven white | Traduzido por alessandra martins
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar peixes e frutos do mar
Identificar os tipos básicos de frutos do mar pode garantir uma refeição saborosa (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Peixes e frutos do mar são uma excelente fonte de nutrientes. Deliciosos e ricos em óleos ômega, esses tesouros vindos do mar são uma parte essencial de um dieta saudável. Há tipos básicos de frutos do mar e, em muitas vezes, identificá-los é o segredo para aproveitar uma refeição inesquecível.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Decifrando o que está no prato

  1. 1

    Observe o pedaço de fruto do mar que está no prato -- ele tem escamas, casco ou tentáculos? Algumas variedades de peixes, como o cioba e o salmão, são servidas ainda com as escamas. Cascos obviamente indicam que é algum tipo de molusco. Tentáculos mostram que se trata de um polvo ou de uma lula.

  2. 2

    Corte o fruto do mar com o garfo. Ele descasca, simplesmente se separa ou precisa de uma faca para ser cortado? Filés de peixe são pedaços de peixe que tiveram a pele e os ossos removidos. Eles descamam com o toque, o que significa que se despedaçam em escamas, ao serem pressionados com o garfo. Certos tipos de moluscos, como o camarão, apenas irão se dividir em dois pedaços, se pressionados com um garfo. Polvos ou lulas precisarão da ajuda de uma faca, por seus músculos terem uma textura mais firme.

  3. 3

    Prove a carne. Peixes brancos, como o linguado ou o cioba, terão um gosto neutro, provavelmente tendo o sabor dos temperos usados para cozinhá-lo. Peixes como salmão ou atum terão um sabor leve de peixe. Moluscos como camarão, lagosta e caranguejo terão um paladar adocicado e uma textura macia, ao serem mastigados. Polvos e lulas têm um sabor neutro e uma textura firme, já que normalmente são servidos no vapor ou às vezes crus.

    Determinando o frescor ao comprar

  1. 1

    Observe os olhos do peixe. Se eles estiverem pretos e brilhantes, então o peixe está fresco. Se os olhos estiverem levemente turvos, talvez os peixes são do dia anterior. Agora, se os olhos estiverem completamente turvos e fundos, então o peixe é de três ou quatro dias atrás.

  2. 2

    Cheire o fruto do mar. Eles nunca devem ter cheiro de aves, pois isso indica que estão estragados. Qualquer fruto do mar que tiver um leve cheiro de peixe tem aproximadamente três a quatro dias e deve ser evitado. Se o fruto do mar tiver um cheiro salgado, ou nenhum cheiro, ele está fresco e você pode comprá-lo.

  3. 3

    Toque o fruto do mar. A carne do peixe deve estar firme ao toque e não ficar marcada. Para os moluscos, se o casco estiver levemente aberto, dê um tapinha. Se o casco fechar, ele está fresco -- se não fechar, evite-o, pois está estragado.

  4. 4

    Observe a forma com a qual é armazenado. Peixes frescos devem ser armazenados enterrados no gelo. Moluscos devem ser armazenados sobre o gelo, mas expostos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível