Como imobilizar uma fratura do úmero

Escrito por elizabeth otto | Traduzido por márcia burke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como imobilizar uma fratura do úmero
A imobilização do braço é importante para a recuperação (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Fraturas do úmero ocorrem na articulação do ombro, ou onde o osso do braço e a articulação do ombro se encontram. Este tipo de fratura pode também incluir traumatismos adicional, tais como deslocamento ou luxação do ombro. Elas podem ser estabilizadas com uma tala, antes do transporte para um hospital, para reduzir o risco de ferimento adicional e proporcionar conforto ao paciente.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tala
  • Rolos de gaze
  • Toalhas ou pano para tipoia

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Escolha uma tala rígida que seja longa o suficiente para colocar da parte superior do ombro até o cotovelo. Peça a alguém para segurar suavemente o braço próximo ao corpo do paciente, mantendo a estabilidade do membro. Isso ajudará a impedir o movimento do ombro e do braço durante a imobilização.

  2. 2

    Dobre uma toalha pequena no formato de um quadrado e coloque debaixo da axila no lado ferido. Isto proporciona algum conforto enquanto o ombro é imobilizado. Evite o excesso de enchimento, pois isso fará com que o ombro se projete para fora do corpo. No entanto, se o paciente não for capaz de posicionar o braço contra o corpo, preencha o espaço de alguma maneira a fim de criar um suporte.

  3. 3

    Para proporcionar mais conforto, coloque uma proteção sobre a lesão do ombro usando toalhas dobradas ou gaze. Em seguida, coloque a tala no lado externo do braço ferido. A tala deve começar na parte superior do ombro e se estender até o cotovelo. Peça a seu assistente para continuar a manter a estabilização para evitar o movimentação do braço enquanto você coloca a tala.

  4. 4

    Envolva a tala com rolos de gaze, ou outro material, para fixá-la no braço. Comece debaixo do braço do paciente, na região da axila, e vá descendo até ao cotovelo. Tenha cuidado para não prender a tala com muita força perto do ombro ou sobre a lesão.

  5. 5

    Fixe o braço com a tala ao corpo do paciente com um rolo de gaze, passando-o ao redor do exterior do braço e em torno da parte superior do corpo do paciente. Isto agirá como uma proteção que manterá o braço suavemente contra o corpo para oferecer suporte adicional. Se foi colocado um enchimento na axila, mova o braço suavemente em direção ao corpo a fim de manter essa proteção na posição certa, mas não tão apertado a ponto de puxar o braço contra o corpo.

  6. 6

    Verifique o pulso do braço ferido. Se não sentir os batimentos, considere afrouxar o suporte ou reajustar a tala o quanto for necessário.

Dicas & Advertências

  • Se não houver uma tala rígida disponível, você pode simplesmente amarrar o braço ferido contra o corpo do paciente. Coloque um enchimento sob a axila e use um pano ou um cueiro para envolver o braço junto ao corpo, utilizando-o essencialmente como uma tala para manter o ombro do paciente imobilizado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível