A importância do layout de uma loja

Escrito por b. maté | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A importância do layout de uma loja
As escadas rolantes afetam o tráfego de uma loja e de seus clientes (Multi Floor Store image by TekinT from Fotolia.com)

O layout de uma loja é uma das estratégias mais importantes para o seu sucesso — portanto, uma grande quantidade de tempo, esforço e recursos humanos entra em seu design. Os varejistas utilizam o layout para influenciar o comportamento do cliente projetando o fluxo da loja, a colocação das mercadorias e o ambiente. Os layouts também ajudam os comerciantes a compreender o quanto de rendimento por metro quadrado eles estão fazendo; usando essas informações, eles podem avaliar adequadamente os pontos fortes e fracos na mistura de merchandising.

Outras pessoas estão lendo

Preveja o comportamento do consumidor

O fluxo do layout de uma loja determina como os clientes compram. Quanto mais tempo um consumidor gastar da loja, mais provável é que ele compre — portanto, o objetivo é fazer com que as suas compras durem muito tempo. A colocação de escadas rolantes (arranjo das escadas rolantes para baixo e para cima), o arranjo de equipamentos e até mesmo a colocação de departamentos afetam o tráfego da loja. Por exemplo, alguns comerciantes de alimentos colocam as necessidades, como ovos e leite, na parte de trás da loja para que o cliente tenha de passar por outra mercadoria para chegar até eles. As lojas de departamento também utilizam essa estratégia, colocando o departamento de crianças no andar de cima para que os pais tenham de percorrer outras seções — aumentando assim a probabilidade de comprarem mais.

Aumente a metragem quadrada

Uma loja produz mais dinheiro quando aumenta as vendas por metro quadrado — e isso pode ser previsto com o uso do seu layout. Então, se uma área específica está vendendo pouco, o comerciante pode reorganizar a mercadoria para atingir as metas de vendas. O objetivo é colocar o máximo de mercadoria no chão, com uma mistura de produtos de alto e baixo preço e produtos de venda rápida e demorada. Por exemplo, uma TV de tela plana de alto custo será comercializada com acessórios de baixo preço. Além disso, os itens de alto preço podem ter mais espaço no varejo, enquanto os itens de baixo preço podem ser empilhados em uma instalação para colocar mais produtos no chão.

Provoque vendas adicionais

O layout pode organizar as categorias dos produtos juntas para que os clientes encontrem diferentes itens que estão procurando em um só lugar. Igualmente importante é a capacidade do layout de manter os produtos complementares ou marcas similares próximos uns aos outros, de modo que o cliente esteja mais inclinado a comprar produtos ligados ao que eles estão comprando. Agrupar os produtos que atendem a um cliente similar ou fazer propagandas de chapéus de inverno, luvas e cachecóis na mesma área é uma maneira de trazer vendas adicionais através da mistura de categorias ou marcas.

Detenha os ladrões

Prevenir furtos e roubos é outra finalidade do layout da loja. Os itens mais caros são por vezes mantidos em vitrines fechadas na parte de trás da loja. Pequenos itens que podem ser facilmente furtados podem ser vigiados por um monitor ou podem estar em uma seção designada, onde há mais suporte de segurança. Às vezes, o layout da loja coloca a saída em uma área que ultrapassa os seguranças ou requer uma manobra extra, tornando mais difícil a fuga da loja com mercadorias roubadas.

Promova atitudes positivas

A maioria dos comerciantes quer que os clientes se sintam à vontade e confortáveis quando fazem compras para que eles transfiram os mesmos sentimentos aos itens que estão comprando. O desenho do layout da loja pode determinar quais emoções são evocadas na experiência de compra. Fatores como arranjos de mercadorias, cores dos objetos e espaço no corredor afetam se um cliente gosta e, portanto, frequenta uma loja. Objetos altos que restringem a visibilidade podem causar ansiedade nos consumidores, pois eles são forçados a percorrer todos os corredores. Em lojas de roupas, um layout congestionado ou mal projetado onde os objetos estão muito próximos uns aos outros podem criar tensão, apressando-os a terminar a sua compra. Os layouts abertos, onde a mercadoria é visível, podem eliminar a tensão, fazendo com que os clientes queiram comprar mais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível