Íons negativos e pranchas alisadoras

Escrito por marisa swanson | Traduzido por raissa oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Íons negativos e pranchas alisadoras
Os íons negativos dão brilho ao cabelo (Digital Vision/Digital Vision/Getty Images)

As pranchas alisam o cabelo entre duas placas chatas eletricamente aquecidas. Embora todas elas façam propaganda de seus resultados efetivos, nem todas são criadas da mesma maneira. Devido à relação do cabelo com íons positivos e negativos, algumas chapinhas funcionam melhor que outras.

Outras pessoas estão lendo

O que é um íon positivo/negativo

Um íon é um átomo ou molécula com o mesmo número de elétrons e de prótons, o que lhe confere uma carga positiva. Um íon negativo é aquele que tem mais elétrons do que prótons. O íon positivo tem mais prótons do que elétrons. Essas partículas são a base da energia e da matéria.

O cabelo e os íons positivos/negativos

A fricção e o movimento de se secar o cabelo causam íons positivos que então ficam aderidos ao cabelo. Esses íons positivos abrem a cutícula capilar fazendo com o cabelo fique áspero, quebradiço e opaco. Íons negativos fecham as cutículas, deixando o cabelo brilhante e saudável.

Pranchas e íons negativos

Pranchas diferentes têm diferentes tipos de placas para alisar o cabelo. Existem placas de cerâmica, de turmalina, de titânio e de alumínio. Os melhores aparelhos são feitos dos três primeiros materiais e todos eles criam íons negativos que fecham a cutícula do cabelo e reduzem o tempo necessário para o alisamento. As placas mais modernas são feitas de turmalina; aparentemente, ela cria mais íons negativos.

Marcas populares versus pranchas profissionais

As pranchas alisadoras classificadas como "profissionais" são muitas vezes muito melhores do que aquelas que você encontra nas farmácias. Elas custam entre R$60 e R$160. As profissionais estão entre R$320 e R$800. A diferença está no design e nos materiais. As placas de alumínio das marcas populares muitas vezes são pintadas e não mantêm a temperatura constante (230ºC), como fazem as pranchas profissionais de cerâmica, titânio ou turmalina. Elas também não dão brilho ao cabelo, pois não criam íons negativos suficientes (ou não criam nenhum).

Pranchas de qualidade

A Babybliss, a Chi, a Solia e a Sedu são empresas que produzem uma grande variedade de pranchas alisadoras de alta performance. Se você gasta mais de duzentos reais a cada visita ao cabeleireiro, comprar a sua própria chapinha vai compensar no longo prazo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível