Lesões no ombro causadas por cintos de segurança

Escrito por cari haus | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lesões no ombro causadas por cintos de segurança
Usar o cinto de segurança corretamente pode evitar lesões sérias (Rayes/Photodisc/Getty Images)

Lesões no ombro causadas por cintos de segurança, embora não sejam totalmente evitáveis, são muito comuns em acidentes de carro. Quando os cintos são muito frouxos, usados incorretamente ou nem mesmo colocados, diversos resultados infelizes, mas relativamente previsíveis, podem ocorrer. Existem modos certos de colocar um cinto de segurança e seguir as "regras" diminui as chances de ter uma lesão no ombro causada pelo cinto.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

Lesões no ombro causadas por cintos de segurança são bastante comuns após um acidente de carro. Elas podem ser provocadas pelas alças do cinto, pelo movimento brusco, pelo impacto da batida ou pelo uso impróprio do cinto de segurança. O movimento em "chicote" sofrido pela região cervical como resultado de um acidente também pode causar dor no ombro.

Função

Quando usados corretamente, os cintos de segurança podem evitar muitas lesões, incluindo ferimentos no ombro. Porém, os passageiros de veículos parecem encontrar muitas maneiras de usar o cinto de forma errada (ou não o usar). Alguns simplesmente não o usam. Outros usam apenas a alça que vai sobre o colo, colocando a alça do ombro para trás. Alguns revertem esta prática, usando o cinto sobre o ombro enquanto a parte do colo fica atrás das costas. Também há pessoas que usam o cinto frouxo demais ou a alça do colo muito alta. Cada uma destas ações pode contribuir para danos físicos significativos, alguns dos quais afetam o ombro.

Efeitos

Quando a alça do ombro é usada sozinha, uma vítima de acidente pode escorregar para baixo a ponto de o pescoço ficar preso sob o cinto. Isso pode causar estrangulamento ou lesões no pescoço.

Em outros casos, a pessoa usa tanto a alça do ombro quanto a do colo, mas coloca a correia do ombro sob o braço. Esta prática também contribui para danos graves, permitindo movimentos frontais excessivos da cabeça e do tronco.

Outra prática perigosa envolve usar o cinto de segurança frouxo demais. Isso também pode permitir movimento frontal excessivo ou o passageiro pode escorregar por baixo do cinto. Cintos de segurança usados em posição alta demais sobre o abdômen podem permitir lesões dos órgãos abdominais.

Identificação

Embora muitas lesões causadas por cinto de segurança (como manchas roxas) sejam óbvias, outras são encontradas com um raio-X ou ressonância magnética. Muitas lesões no ombro causadas pelo cinto são mais dolorosas do que sérias. Porém, algumas podem precisar de cirurgia ou de terapia intensiva antes que ocorra a cicatrização.

O diagnóstico precoce de uma lesão do ombro causada por cinto de segurança é útil e, quanto mais cedo acontecer depois do acidente, melhor. Pela detecção precoce, você pode garantir que o problema seja resolvido corretamente e tomar quaisquer medidas necessárias para evitar maiores danos.

Prevenção

Embora você não possa evitar que um acidente aconteça de maneira geral, poderá minimizar a chance de ter uma lesão no ombro como resultado. Enquanto estiver no carro, sente-se com as costas retas. Use tanto a alça do colo quanto a correia do ombro e não a coloque por baixo do braço. Certifique-se de que o cinto esteja preso de forma segura (ou seja, que não esteja frouxo) e mantenha a a alça do colo em posição mais baixa (e não para cima, sobre o abdômen). Estas medidas, embora não sejam uma solução para tudo, devem reduzir a seriedade ou a chance de que você sofra de uma lesão do ombro causada pelo cinto de segurança.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível