Como lidar com uma criança que interrompe sua aula constantemente

Escrito por megan kelly | Traduzido por mariana korman
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com uma criança que interrompe sua aula constantemente
Ações disciplinadoras ajudarão a lidar com alunos dispersivos (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Quando um aluno é dispersivo, a experiência de aprendizagem dos outros na sala de aula pode ser arruinada. Dê ordens firmes ao aluno-problema, para que permaneça respeitoso com os outros. Se ele continuar a dispersar a aula ou se tornar fisicamente agressivo com você ou com outros alunos, poderá ter que removê-lo da sala de aula.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Estratégias para tirá-lo da sala

  1. 1

    Reconheça quando os comentários de um aluno estão interrompendo ou dominando as discussões em classe. Peça para ele ficar quieto e pedir permissão antes de interromper a discussão novamente. Se o aluno tiver outras atitudes dispersivas, como comer em sala de aula, peça que ele guarde os objetos que causam displicência. Se ele se recusar, retire os itens e devolva-os no final da aula.

  2. 2

    Não julgue ou perca o controle se um aluno ficar irritado ou expressar comentários negativos ou ofensivos. Fale calmamente e pergunte o motivo pelo qual ele está com raiva e o que ele sugere para resolver a situação. Se ele estiver chateado com outro aluno, converse com este para determinar o problema e encontrar uma solução para ambos. Ouça suas reclamações e ofereça uma solução que satisfaça suas necessidades, reduzindo a dispersão causada em aula.

  3. 3

    Se estiver interrompendo excessivamente ou tornar-se agressivo, ordene que saia da sala. Dê a instrução para que se sente do lado de fora por algum tempo, se for verbalmente perturbador. Se ficar fisicamente agressivo, diga que vá para a sala do diretor ou procure um responsável da escola para outra ação disciplinar.

    Pare os incentivos

  1. 1

    Se um aluno tiver dificuldade em permanecer quieto quando está sentado ao lado de alguém em particular, reorganize a posição dele na sala ou lhe atribua assento. Faça com que os alunos sentem-se em lugares opostos um do outro, assim evitando distrações entre si.

  2. 2

    Faça com que os alunos dispersivos sentem-se próximos de sua mesa, na parte da frente da sala. Se estiver sentado perto de você, conseguirá observá-lo facilmente e ele provavelmente distrairá menos os outros alunos.

  3. 3

    Tire qualquer dispositivo eletrônico que o aluno estiver usando durante a aula, incluindo telefone celular, aparelho de som, jogos ou computador portátil. Tire os itens no início da aula e devolva no final, quando os alunos forem liberados.

    Alunos violentos

  1. 1

    Fale de forma calma e sem julgamentos quando um estudante se tornar fisicamente violento com você ou com outros alunos. Evite que a situação se agrave chamando o aluno para um canto e falando com ele diretamente sobre o seu comportamento. Se ele já tiver um histórico violento, anote o que provoca o comportamento e trabalhe para criar um ambiente onde isso se minimize.

  2. 2

    Se o aluno ameaçar a segurança dos outros, o acompanhe para fora da sala. Escolha um aluno ou chame outro membro da escola para cuidar da sala enquanto leva o aluno dispersivo ao diretor. Você também pode escolher mandá-lo sentar-se no corredor por algum tempo para que se acalme.

  3. 3

    Caso o aluno violento bata, chute, morda ou arranhe você ou outros estudantes e se recuse a sair da sala, libere a classe para alguma área comum da escola, como a biblioteca ou lanchonete, e chame os seguranças ou a polícia. Quando o aluno já tiver saído da sala, chame os outros de volta e recomece a aula.

  4. 4

    Convoque uma reunião com o pedagogo da escola e os pais ou tutores da criança violenta, para definir se ela precisa de ajuda profissional ou psiquiátrica para lidar com seu comportamento. Um aluno que é constantemente agressivo ou violento com você e com os outros pode ter algum problema mental, estar usando alguma substância ou ter problemas sociais. Ajuda profissional pode diminuir o número de crises dele na sala de aula.

Dicas & Advertências

  • Nunca faça uso da força ou de intimidação física para deter um aluno dispersivo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível