Mais
×

Como localizar um filho que fugiu de casa

Atualizado em 17 abril, 2017

Os filhos que fogem de casa, independente da idade, têm de ser encontrados o mais rápido possível. Estão em risco tanto os pré-adolescentes rebeldes com uma mochila cheia de revistas em quadrinhos e chocolate quanto o adolescente mais experiente com vários lugares pare se esconder à sua disposição. Algumas pessoas poderão rapidamente dizer que ele voltará para casa depois de passear pelo bairro ou que ele irá ligar quando o dinheiro acabar. Isso pode até ser verdade, mas enquanto ele estiver fora de casa, ele estará vulnerável às ações de pessoas de má índole.

Instruções

Utilize a tecnologia para encontrar seu filho (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Chame a polícia. Se o desaparecido tiver menos de 18 anos, não é necessário esperar as 24 ou 48 horas para lavrar o boletim de ocorrência. Isso pode ser uma decisão difícil, pois você poderá se preocupar com o que os outros vão pensar de seu desempenho como pai, mãe ou responsável, e não sabe como seu filho irá reagir à ideia de que a polícia o procura e em que tipo de problema isso poderá lhe causar. No entanto, a polícia poderá distribuir a foto dele e procurar por ele enquanto patrulhas as ruas. A polícia também poderá estar ciente das destinações mais comuns daqueles que fogem de casa e imediatamente vasculhar esses lugares. Se seu filho tiver algum problema físico ou psiquiátrico, avise aos oficiais para que eles o classifiquem como desaparecido de alto risco.

  2. Ligue para os amigos e os contatos próximos do desaparecido. Vá ao site do provedor de serviços de seu telefone celular, que estará discriminado na conta, acesse o site e analise como seu filho tem utilizado o aparelho. Ligue para todos os números discados no último mês e pergunte às pessoas que atenderem se eles têm notícias do desaparecido. Converse com os pais dos amigos dele e conte-os que a polícia já foi notificada, pois a maioria das pessoas têm receios de se envolver em situações policias e serem acusadas de omissão ou acobertamento e, portanto, poderão fazer seus filhos dizerem tudo o que sabem. Diga-lhes que eles não terão problemas se estiverem escondendo seu filho ou souberem onde ele está, mas que precisam contar a você. Lembre-os, caso seja apropriado, que seu filho poderá ficar doente se não tomar os medicamentos que se encontram em casa e dê o número de seu telefone, pedindo para ligar se ficarem sabendo de alguma coisa importante.

  3. Utilize as redes sociais. Organize um grupo no Facebook com a foto do desaparecido, informações de contato e de identificação e quaisquer outras informações relevantes, como a última vez em que foi visto. Convide todos os seus amigos e peça que eles divulguem sobre o problema. O grupo deverá ser aberto ao público para que todos possam entrar.

    Se puder, entre nas contas do Facebook e do Orkut de seu filho e procure por informações que possam apontar para onde ele foi. Poste também, no nome dele, que ele está desaparecido e coloque informações de contato. Faça o mesmo em quaisquer contas que você tenha e peça que amigos e familiares publiquem essas informações nas páginas deles.

  4. Dirija pelo seu bairro e nos bairro onde os amigos de seu filho moram. Pare em lojas de conveniência, lanchonetes e lugares semelhantes e cole, com a permissão do gerente, cartazes sobre seu filho. Cubra pontos e estações de ônibus com cartazes.

  5. Visite as escolas locais e dê alguns cartazes para os administradores. As crianças que fogem geralmente continuam frequentando-as com seus amigos, para fingir que tudo está em ordem. É fácil para as crianças se misturarem as outras e passarem despercebidas e, portanto, é importante que a direção repasse a informação aos professores e outros funcionários.

  6. Entre em contato com abrigos e hospitais, pois eles poderão dar algumas informações referentes ao seu filho.

  7. Sempre deverá haver alguém próximo ao telefone de sua casa, e não se afaste de seu celular, que deverá estar sempre carregado. Se seu filho tentar entrar em contato, você estará acessível.

  8. Peça ajuda aos amigos de seu filho. Se eles publicam em suas contas de sites de relacionamento e ficar claro que não apenas você se preocupa, mas também todas as pessoas próximas, ele poderá entrar em contato.

Dicas

  • Controle seu temperamento. Embora seja tentador ameaçar algumas pessoas que possam saber o paradeiro de seu filho, você conseguirá muito mais se disser algo como "Me preocupo muito com a situação dele e eu sei que você também quer que ele esteja a salvo", em vez de "eu mato quem está escondendo ele de mim!".
  • Se você não souber como acessar os detalhes de uso do telefone celular de seu filho, ligue ao provedor do serviço e esclareça-os quanto à situação. Eles ficarão felizes em ajudar.

O que você precisa

  • Panfletos sobre o filho que fugiu
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article