Métodos de distribuição e planos de marketing

Escrito por amy handlin | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos de distribuição e planos de marketing
O doce é um tipo de produto de baixo preço e alta rotatividade frequentemente vendido por atacadistas (Candy image by Andreas P. from Fotolia.com)

Juntamente com o produto, a promoção e o preço, o método de distribuição é uma das táticas abordadas na seção de estratégia de um plano de marketing. As escolhas específicas refletem onde e quando os consumidores-alvo desejam comprar. Os métodos de distribuição também são influenciados pela natureza do produto e por oportunidades no ambiente de negócios.

Outras pessoas estão lendo

Canal direto

Uma forma de canal direto de distribuição é, muitas vezes, parte integrante do plano de marketing para produtos como roupas para moda e casa, com muitos fabricantes comandando suas próprias lojas de varejo. É um sistema onde os produtores vendem diretamente para os consumidores, sem intermediários. Historicamente, esse foi o método convencional utilizado por agricultores e artesãos cujos mercados eram principalmente locais. Hoje, a distribuição direta pode ser facilitada por atividades como vendas on-line, programas de compras na televisão, telemarketing e catálogos.

Canal indireto

Quando o plano de marketing especifica um canal indireto de distribuição, os fabricantes venderão para atacadistas, varejistas, agentes ou corretores. Essas empresas independentes lucram realizando atividades de distribuição, como armazenagem e transporte. Vender para lojas de varejo é uma atividade normal para produtos como cosméticos, onde os varejistas são geralmente grandes o suficiente para fazer pedidos em volumes com relação custo/eficácia. Vender para atacadistas, que por sua vez vendem para os varejistas, é comum entre os fabricantes de bens de baixo preço e de alta rotatividade, como doces e cigarros.

Canais alternativos

Às vezes, os comerciantes têm a opção de usar canais não tradicionais ou com parceria de distribuição. Por exemplo, vender guarda-chuvas ou chapéus em praças de táxi contornaria as lojas de varejo tradicional para acessórios ao ar livre. Uma empresa também pode obter acesso aos canais de outras quando a aliança pode beneficiar ambos os parceiros. Essa abordagem pode ser útil quando o plano de marketing envolve a expansão em mercados estrangeiros, onde a empresa não estabeleceu uma rede de distribuição própria.

Intensidade de distribuição

Os planos de marketing frequentemente especificam uma forma intensiva, seletiva ou exclusiva de distribuição. O modo intensivo, usado principalmente para produtos de conveniência, significa tornar um produto disponível em todos os tipos de mercados onde os consumidores esperam encontrá-lo. Por exemplo, revistas são vendidas nas bancas, mas também em supermercados e farmácias. A distribuição seletiva envolve a venda de um produto através de um pequeno número de lojas selecionadas por sua imagem ou outras características distintivas. Na distribuição exclusiva, a disponibilidade do produto é limitada a uma única tomada, como a venda de uma marca de joias finas somente em uma loja de departamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível