Métodos de extração da queratina

Escrito por k.c. hernandez Google | Traduzido por rita pacheco
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos de extração da queratina
Queratina (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Queratina, uma proteína fibrosa, flexível e forte, é o principal alicerce da pele, cabelo e unhas. Ela é frequentemente derivada de fontes naturais tais como a lã, penas de aves e cascos de animais, agindo como agente de reforço em produtos de beleza. A extração da queratina através da hidrólise, um processo que provoca uma reação química utilizando calor, água e ácido, muitas vezes produz a queratina para usar como produto de beleza. Já a queratina funcional requer um método de extração diferente da hidrolisada.

Outras pessoas estão lendo

Queratina hidrolisada

Um processo conhecido como hidrólise enzimática ou ácida produz hidrolisados ​​proteicos. A queratina é uma proteína estrutural rica em aminoácidos essenciais, tais como a L-cisteína, sendo um ingrediente importante para a pele e cabelo. A grande procura pelos métodos de extração de componentes valiosos que preservam queratina é grande. Investigadores notaram a dificuldade da extração de hidrolisados de qualidade através da utilização de agentes químicos e enzimas, devido à proteína de de ligações covalentes fortes e altamente organizadas.

Métodos

Segundo um estudo russo, as hidrólises hidrotermal, ácida, alcalina e enzimática são os principais métodos de quebra de queratina contendo estoque. A enzimática é o método mais bem sucedido na preservação aminoácidos, porque é um processo relativamente suave, e é mais seguro para o meio ambiente do que outros métodos. Já a hidrólise enzimática controlada de lã produz queratina lisada líquida e em pó para utilização cosmética. Alguns acreditam que o derretimento e aquecimento da queratina contendo estoque provocam alterações químicas que alteram a sua eficácia para a pele e cabelo, tornando-a inútil.

Queratina funcional

Um método da Nova Zelândia baseado na derivação da queratina de lã é conhecido por ser menos degradante do que os métodos tradicionais de hidrólise. Esta forma "biodisponível", conhecida como queratina funcional, é usada para preservar a queratina em sua forma natural, permitindo que ela funcione melhor com a química da pele quando aplicada. É muitas vezes chamada de "pele líquida" por sua capacidade de combinar e melhorar a elasticidade da própria pele e gerar produção de novas células.

Produtos

Algumas empresas têm usado o método de queratina funcional para produzir as suas linhas de produtos, tais como queratina, Liquid Keratin, uma linha de produtos de alisamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível