Tecnologia

Mulheres famosas na tecnologia

Escrito por todd anderson | Traduzido por rafaela aguiar
Mulheres famosas na tecnologia

Retrato de Marie Curie

Photos.com/Photos.com/Getty Images

As mulheres se destacaram em ciência e tecnologia nos últimos 20 décadas. Alguns são responsáveis ​​por invenções revolucionárias ou descobertas que revolucionaram a ciência. Em áreas como química, física, informática, matemática, medicina e astronomia, as mulheres, muitas vezes, se destacaram. É lamentável que algumas dessas realizações maravilhosas sejam esquecidas ou ignoradas. Nos últimos anos, as mulheres têm participado mais ativamente na ciência do que nunca.

Marie Curie

As duas vezes ganhadora do Prêmio Nobel, Marie Curie, é talvez a mais famosa de todas as mulheres na tecnologia. Ela abriu o campo da radioatividade e elementos como o rádio e o polônio foram descobertos descoberto. Suas obras não só marcaram o início de uma nova era na ciência e tecnologia, mas também abriram uma nova era no tratamento médico. Ela também foi a fundadora do Instituto Radium.

Rosalind Franklin

Rosalind Franklin foi responsável por grande pesquisas inovadoras sobre a estrutura do DNA, embora ela não fosse um dos cientistas agraciados com o Prêmio Nobel para o modelo de dupla hélice quatro anos após sua morte, em 1962. Há muito debate sobre o papel exato de Franklin jogou na investigação da estrutura do DNA, mas é evidente que ela foi uma contribuição importante e um cientista de primeira linha. Franklin também trabalhou no vírus mosaico do tabaco e o vírus do pólio antes de sua morte de câncer de ovário aos 37 anos de idade.

Harriet Strong

Nascido no ano de 1844, Harriet Strong foi a inventora de um sistema de irrigação que empregava barragens de controle de inundações, levando ao sucesso incomparável em cultivar as maiores fazendas de nogueira no sul da Califórnia. Strong também recebeu várias outras patentes e foi amplamente reconhecida por suas realizações na tecnologia. Ela também foi um empresária e uma defensora dos direitos das mulheres.

Irene Joliot-Curie

A filha ilustre de uma mãe ilustre, Irene Joliot-Curie recebeu o Prêmio Nobel em Química no ano de 1935. Nascido na época em que seus pais estavam descobrindo radioatividade e desbravando novos caminhos na ciência, ela cresceu estudando a radioatividade. Ela se casou com Frederic Joliot e então começou uma série de obras que rivalizava com as de seus pais. O casal também foi responsável ​​pela pesquisa que foi fundamental para a descoberta do nêutron. Através de sua pesquisa, Joliot-Curie, também chegou perto de identificar o processo de fissão.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media