Nível de dureza em lápis

Escrito por autumn glenister | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Nível de dureza em lápis
Conhecer os diferentes tipos de lápis pode ser útil nas artes (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Há lápis de diferentes variedades, dependendo da dureza do grafite usado. Entender esses tipos pode ser especialmente importante para artistas, uma vez que diferentes lápis produzem diferentes efeitos no papel. As diversas formas de dureza são criadas ao misturar grafite com argila. Quanto mais argila, mais macio ele será.

A dureza do lápis é indicada através de um sistema numérico nos Estados Unidos, e na Europa usa-se uma escala com números e letras, embora essa maneira européia de categorizar os implementos seja usada nos Estados Unidos algumas vezes.

Outras pessoas estão lendo

Sistema europeu de classificação

O sistema europeu de classificação é frequentemente usado nos Estados Unidos nos lápis designados para propósitos artísticos. Esse sistema usa uma combinação de números e letras para denotar a dureza do grafite no lápis. Os mais macios são classificados como "B", de black (preto), enquanto os mais duros são chamados de "H" de hard (duro). O número é então atribuído aos lápis para descrever a extensão da dureza ou maciez, enquanto um lápis mediano é chamado de "HB". A completa variedade de graduação do sistema europeu vai do 9B - o mais macio, a 9H - o mais duro. Os lápis macios ficam entre o B e o 9B, enquanto os duros entre o H e o 9H. No meio existe o HB, direcionando-se ao lado macio, mas não tão macio quanto um B, e o F, que é mais duro que o HB, mas não tão duro quanto um H.

Sistema de graduação americano

O sistema de graduação usado nos Estados Unidos é muito mais simples que o europeu e tende a ser usado em lápis projetados para escritórios. Há cinco categorias de lápis, começando com o nº 1, o mais macio, e aumentado até o nível mais duro, o nº 4. A escala também inclui o nº 2,5. Um lápis nº 1 está no mesmo nível de dureza de um B do sistema europeu. Um mediano é o nº 2 nos Estados Unidos e o HB na Europa. A escala americana vai até o 2H na escala europeia, o que equivale ao nº 4 nos Estados Unidos. Enquanto isso, um nº 2,5 tem o mesmo nível de dureza que um F, e um nº 3 está muito perto de um H.

Vantagens e desvantagens de usar lápis macio

Lápis macio possui muitas vantagens para os artistas, os que pode ser a razão de algumas companhias fabricantes de lápis nos Estados Unidos usarem o sistema de graduação europeu, mais complicado, para categorizar seus produtos. Os mais macios produzem um traço mais escuro e esfumaçado, borrado, o que os torna bons para sombreamento, mas dificulta a precisão do desenho. Com uma variação maior de lápis macios, um artista pode produzir muitos efeitos diferentes, mas eles não podem ser usados em um escritório, uma vez que não produzem uma escrita tão nítida quando os mais duros.

Vantagens e desvantagens de usar lápis duros

Lápis duros e medianos são mais prováveis de serem usados em escritórios e para desenhos técnicos, uma vez que se podem ser mais precisos com um grafite mais forte. Usar um lápis duro para desenhar pode limitar a quantidade de diferentes texturas e dinâmicas que um artista pode criar, uma vez que os mais duros deixam traços mais finos e leves, o que é menos adequado para sombreamento. Um lápis duro, entretanto, é muito mais útil para esboços básicos e detalhes finos em uma obra de arte feita a lápis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível