Mais
×

Oito motivos para as mulheres levantarem pesos

A musculação pode proporcionar vários benefícios para as mulheres
Getty Images

Introdução

A musculação pode proporcionar muitos benefícios para as mulheres. Dentre as vantagens de puxar peso, podemos citar algumas como: acelerar o metabolismo, ativar a circulação sanguínea, aumentar o trofismo muscular, proporcionar qualidade do sono, prevenir a osteoporose, fortalecer o sistema imune, melhorar a respiração e diminuir os efeitos do envelhecimento. Nesse artigo, discorremos um pouco sobre cada uma dessas vantagens e como elas são benéficas para que a mulher possa ter uma vida mais saudável e, dessa forma, evitar doenças e manter a juventude do corpo.

Ao aumentar a massa muscular aumenta-se o metabolismo
Photodisc/Photodisc/Getty Images

Acelerar o metabolismo

Ao aumentarmos a nossa massa muscular, também conhecida como massa magra, o gasto de calorias ao longo do tempo acaba sendo maior, ou seja, você estará aumentando o seu metabolismo, o que resulta em um maior uso das calorias. Ao queimá-las, diminuímos as reservas de gordura corporal (trazendo portanto benefícios estéticos ao eliminar as gordurinhas indesejadas) contribuindo, dessa forma, para termos uma boa saúde, além de emagrecer. Mas lembre-se, para reduzir a reserva de gordura do corpo também são importantes os exercícios aeróbicos (atividades físicas por mais de 20 minutos e de intensidade média).

O exercício físico melhora a circulação sanguínea, previne as varizes e diminui chance de um possível infarto
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Ativa a circulação sanguínea

Os músculos bombeiam o sangue venoso (o sangue que está dentro das veias e que trazem o sangue da periferia após passar pelas células) de volta ao coração. Por isso, quando eles estão fortalecidos, o retorno venoso é otimizado, ou seja, aumenta a eficiência do bombeamento que os músculos naturalmente exercem nas veias como ao andar (a contração dos músculos da panturrilha empurra o sangue para cima). Assim, melhoramos a circulação sanguínea, prevenimos o aparecimento das varizes e ainda diminuirmos a chance de um possível infarto.

Ao fortalecer os músculos, o trofismo muscular aumenta e as articulações ficam mais estáveis
Comstock Images/Comstock/Getty Images

Melhora do trofismo muscular

Ao fortalecer os músculos, o trofismo muscular (crescimento muscular) aumenta e as articulações ficam mais estáveis (menos propensas a luxações, deslocamentos). Seguindo esse raciocínio, ao malhar os músculos abdominais, estaremos contribuindo de forma significativa para redução das dores lombares, pois dessa forma estabilizamos a coluna. Mas fique atenta, o exercício é contra-indicado durante as crises de dor lombar. Espere a dor aguda passar ou você poderá piorar a lesão. Ao exercitar-se com peso, não se esqueça de proteger a coluna com apoio nas costas para evitar dores nas costas.

O exercício físico melhora a qualidade do sono
Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Mais qualidade do sono

Ao se exercitar de 2 a 3 vezes por semana, é possível ter um sono mais tranquilo e contínuo. É o resultado do maior relaxamento dos músculos, diminuição da gordura corporal e na região do pescoço, o que diminui a pressão nas vias aéreas, resultando em diminuição do ronco e da apneia do sono (interrupção temporária da respiração durante o sono). Os exercícios devem ser feitos no mínimo seis horas antes de dormir, e de preferência no período da manhã ou da tarde, pois a elevação da temperatura corporal prejudica o sono.

A musculação previne a osteoporose por estimular a absorção de cálcio e a deposição de matriz óssea
Thinkstock/Comstock/Getty Images

Prevenção da osteoporose

O estímulo dos exercícios com peso auxilia no controle da perda da densidade dos ossos (osteoporose), situação em que eles se tornam porosos pela descalcificação progressiva, comum principalmente com o aumento da idade e com a diminuição dos hormônios femininos após a menopausa. Ao impor um impacto controlado, a contração muscular estimula o aumento da deposição de matriz óssea. Onde existe tração pelo músculo no osso, ocorre a deposição de mais osso, fortalecendo-o. Essa atividade também estimula a absorção de cálcio, um mineral importante para a ossificação e, portanto, para prevenir a osteoporose.

A prática de regular de exercício físico deixa o organismo mais fortalecido
George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Aumenta a eficiência do sistema imunológico

A prática regular de atividade física oferece muitos benefícios endócrinos (relacionado aos hormônios e glândulas do corpo) e metabólicos (relacionado ao metabolismo, a forma com que o corpo utiliza os nutrientes), que favorecem o bom aproveitamento da dieta obtida na alimentação. Dessa forma, um corpo bem nutrido fica mais fortalecido para se defender dos microrganismos invasores, que possivelmente causariam doenças mais graves em um organismo menos preparado. Assim, as pessoas que praticam atividade física regularmente estão menos susceptíveis a gripes, viroses e outros tipos de infecções.

Uma melhor postura proporciona uma respiração mais adequada
Photodisc/Photodisc/Getty Images

Melhora a respiração

O trabalho dos membros superiores e tronco de forma correta durante a musculação garantem uma postura mais ereta ao estabilizar o esqueleto axial (a parte do esqueleto que mantém a sustentação do corpo), favorecendo uma posição mais adequada do tórax. Com a melhora da postura, o diafragma (principal músculo da respiração, localizado na parte superior do abdome) consegue trabalhar melhor, e assim é possível entrar mais ar no pulmão, facilitando as trocas gasosas efetuadas por esse órgão. Por isso, a atividade física irá ajudar a melhorar a sua capacidade respiratória, que por sua vez também irá otimizar a eficiência do seu corpo ao exercício.

A melhora da nutrição das células, proporcionado pelo exercício, retarda o envelhecimento precoce
Plustwentyseven/Photodisc/Getty Images

Combate o envelhecimento precoce

O exercício proporciona uma maior oxigenação das células e melhora o suprimento sanguíneo para elas. Assim, você fornecerá uma melhor nutrição para as células retardando, dessa forma, o envelhecimento (associado a uma alimentação saudável, claro!). Além desses benefícios, a pessoa que pratica atividade física estará prevenindo uma série de doenças que causam redução da qualidade de vida do idoso, como as doenças cardiovasculares: arteriosclerose (endurecimento das artérias), hipertensão arterial (maior pressão do sangue nas artérias), doença coronariana (obstrução das artérias do coração que leva ao infarto).