Conhecimento

Partes de uma paramécia

Escrito por contributing writer | Traduzido por pamela oliveira
Partes de uma paramécia

Estrutura de uma paramécia

Infovisual.info

As paramécias são organismos unicelulares que, geralmente, possuem um comprimento menor que 0,25 mm, contêm um núcleo e diversas outras organelas. Elas pertencem a classe Ciliata do filo Protozoa. O corpo tem um formato de chinelo, sendo um pouco cilíndrico e é coberto por uma película particular. A parte anterior é delgada e chata, enquanto a posterior é grossa e pontuda. Uma paramécia digere matérias vegetativas, se movendo na água com ajuda de organelas de locomoção, chamadas de cílios. Estudar a estrutura física das paramécias é importante, porque a espécie foi classificada de acordo com sua morfologia microscópica em vez de sua característica sexual.

Outras pessoas estão lendo

Cílios

As paramécias possuem finos cílios protoplasmáticos usados para a locomoção, que recobrem o corpo e se organizam em fileiras longitudinais. Cílios minúsculos são usados na locomoção e na alimentação. Esses filamentos, semelhantes a cabelos, se movem de forma ritmada para mover as partículas de alimento até a boca. Eles, algumas vezes, exibem movimentos bem particulares, se contraindo e mudando sua forma lentamente.

Sulco oral

Existe um trato digestivo definido e um sulco oral peristomial ciliado que leva à "boca" e à "garganta" da célula, assim como um ânus provisório. O sulco oral é localizado no lado abdominal e não possui clorofila; ocorre nutrição do tipo holozoica.

Vacúolo contrátil

O aparelho excretor é mais complexo. Existem dois grandes vacúolos contráteis ocupando posições específicas, um em cada ponta do corpo. Cada vacúolo é rodeado por oito vacúolos radiais. Eles não apenas ajudam nas funções excretoras, mas também ajudam a retirar a água da célula para manter a concentração de sais da paramécia.

Ectoplasma

Abaixo da flexível membrana celular, existe uma fina e clara camada de ectoplasma que envolve a parte fluida do citoplasma. O ectoplasma contém grânulos, vacúolos alimentares e inúmeros tricocistos em forma de fuso para defesa ou fixação no substrato. Os tricocistos são liberados por meios elétricos, químicos ou mecânicos.

Núcleo

Existem dois núcleos de tamanhos e funções diferentes. O menor núcleo tem a forma de um rim e se mantém dormente a maior parte do tempo, sendo ativo durante processos sexuais, enquanto o núcleo maior é redondo e participa das atividades diárias, do crescimento à reprodução. Ambos os tipos de núcleo contêm genes que carregam as informações genéticas e hereditárias da paramécia. Sem o micronúcleo o organismo não pode se reproduzir, por isso ele é essencial para a sobrevivência. O núcleo maior também armazena os genes, mas é principalmente o centro da atividade metabólica da célula.

Película

A superfície do corpo é recoberta por uma resistente película e apresenta várias aberturas para os tricocistos.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media