on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Peixes beta machos e fêmeas podem compartilhar o mesmo aquário?

Atualizado em 20 julho, 2017

Apesar do beta macho aceitar companheiras fêmeas, não é uma boa ideia deixar isso permanente, especialmente se quiser que os filhotes sobrevivam. O macho continuará a se esforçar, mesmo depois de um acasalamento de sucesso e a fêmea começará a atacá-lo, acabando com as intenções. E mais, ela ainda comerá os ovos e os peixes novos. Dessa forma, é melhor procurar por outras variedades de parceiros para o peixe beta.

Saiba os parceiros ideais para o seu peixe beta (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Múltiplos betas

Se vários betas estiverem em um mesmo aquário, providencie um macho com muitas fêmeas menores que ele. Se quiser que os filhotes sobrevivam, remova todas as fêmeas, se uma delas botou ovos. Caso não ligue para isso, proporcione esconderijos a elas. As mais tranquilas poderão usar esse abrigo para evitar a atenção das outras dominantes, além de ser útil para o macho quando uma que esteja grávida tentar atacá-lo.

Loading...
Providencie abrigos onde o peixe possa se esconder (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Características

Os betas são peixes solitários, apesar de aceitarem alguns companheiros de aquário. Para isso, é sempre melhor optar por outras variedades. Escolha parceiros com barbatanas menores e cores menos brilhantes, já que o macho beta enxergará peixes maiores e tonalidades mais vívidas como sendo um rival, caso o peixe não for beta. Não adicione peixes conhecidos por mordiscar as barbatanas, como o acará-bandeira e os rásboras.

O acará-bandeira não é uma boa companhia para o beta (Comstock/Comstock/Getty Images)

Bons parceiros

Já que o beta passa a maior parte do seu tempo próximo da superfície, indo para o meio e o fundo apenas para dormir, bons parceiros são aqueles que se alimentam na parte inferior ou peixes que preferem passar o tempo no meio da profundidade. Esses não serão uma ameaça ao tipo em questão. Criaturas como o camarão-fantasma e o caracol-zebra se alimentam na parte de baixo do aquário, conseguindo coexistir com os betas. Nuvem branca e o tetra neon são também bons parceiros.

Companheiros ruins

Não inclua os gouramis, eles beliscam as barbatanas. Ainda podem ficar maiores que o beta, transformando-se em uma ameaça e encorajando uma briga. O molly, peixe-espada, peixe-dourado, guppy fantasia e o plati são peixes a serem evitados também. Todos preferem um ambiente diferente, além de terem colorações mais vívidas e longas barbatanas, causando um ataque vindo do beta. E mais, os mollys, os espadas e o platis possuem uma natureza mais agressiva. Peixes assim causam prejuízos às barbatanas dos betas, que podem evoluir para uma doença ou morte.

A cor chamativa do peixe-dourado fará com que o beta ataque-o (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...