Perda de pelo e feridas em Pit Bulls

Escrito por tina boyle Google | Traduzido por geissy de assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Perda de pelo e feridas em Pit Bulls
Pit Bulls são particularmente suscetíveis a alergias (pit bull dog image by Danuta Kania from Fotolia.com)

Pit Bull Terriers tendem a desenvolver alergias com maior facilidade do que muitas outras raças, incluindo alergias a alimentos, sensibilidades ambientais e parasitas, como pulgas. As alergias podem afetar a aparência do pelo curto do Pit Bull, fazendo-o deixar de ser brilhante e torná-lo opaca. Muitas vezes causando a perda de pelo e feridas. A pele é o filtro do corpo, então quando o corpo rejeita certos alimentos ou está reagindo a algo no ambiente, uma erupção cutânea pode ser a primeira indicação de alergias.

Outras pessoas estão lendo

Alergia alimentar

Carne, laticínios, trigo ou aditivos em alimentos para cães podem desencadear uma reação alérgica. O Pit Bull pode morder as próprias pernas ou as nádegas dentro de 30 minutos depois de comer, e começar a perder pelo e desenvolver manchas escamosas na pele ou até mesmo feridas nos pontos mordidos.

Alergia ambiental

Poeira, mofo, pólen e ácaros podem causar feridas e queda de pelo fazendo o sistema imunológico do Pit Bull trabalhar em alta velocidade para eliminar o que percebe como uma toxina, produzindo coceira enquanto as "toxinas" são filtradas através da pele. É provável que você esteja lidando com uma alergia ambiental se o seu Pit Bull desenvolver a perda de pelo e feridas em determinadas épocas do ano, como na primavera.

Parasitas

Se você sabe que seu Pit Bull perde o pelo e desenvolve feridas quando as pulgas estão presentes, seja pró-ativo; comece a tratar o cão com repelente de pulgas antes que o clima mais quente piore a situação. Se você mora em uma região com clima quente o ano todo, considere um tratamento para pulgas para evitar uma infestação.

Tratamento

Veterinários testam alergias alimentares, destacando vários alimentos que devem ser evitados e criando uma dieta que não inclua aquelas substâncias. No entanto, algumas alergias são tenazes, produzindo uma reação de pele no Pit Bull a partir de substâncias previamente não problemáticas. Veterinários recomendam adicionar variedade à dieta do cão, alternando de cordeiro a frango ou outras fontes de carne que não produzam uma reação alérgica. Injeções de cortisona ou medicamentos anticoceira podem reduzir a inflamação e erupções da pele, mas para tratar a perda de pelo, eliminar o alérgeno é a sua melhor aposta.

Prognóstico

Identificar e tratar as alergias pode ser difícil, de acordo com o Rescue a Pit Bull.com: "Com o nosso cão fomos capazes de eliminar as alergias alimentares, o que diminuiu a reação dela aos outros alérgenos no ambiente. Continuamos precisando de injeções de cortisona esporádicas durante determinadas épocas do ano ", diz o site.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível