Pestes das violetas africanas

Escrito por tarah damask | Traduzido por ludmyla dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Pestes das violetas africanas
Violeta Africana saudável e livre de pragas. (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Apesar de as violetas africanas serem as "plantas de casa mais populares na América", de acordo com a extensão da Universidade Clemson, estas belezas internas não vivem sem problemas. As violetas florescem em várias nuances, não sendo muito difíceis de mantê-las livres das pragas se você cuidar delas adequadamente. No entanto, quando os problemas surgem, é preciso agir rapidamente para trazer suas plantas de volta à saúde plena.

Outras pessoas estão lendo

Cuidados preventivos

Ao cuidar bem das suas violetas africanas, elas terão uma maior capacidade para evitar e superar problemas de pragas. As violetas africanas devem ser cultivadas em local claro mas sem a incidência da luz direta do sol que pode danificar as plantas, bem como o excesso de sombra que resulta em uma floração deficiente. Mantenha-as bem regadas e adubadas num solo composto por turfa, solo e perlita, de acordo com a Universidade Clemson. Irrigue até o solo ficar saturado, mas não em condições de alagamento. Mantenha as temperaturas noturnas de 18 a 21 graus centígrados e as temperaturas diurnas em uma faixa de 15 graus mais elevados.

Tipos

Insetos sugadores, como ácaros, sugam literalmente a seiva de plantas. Considerada "uma das pragas mais graves da violeta Africana", e de acordo com a Universidade Clemson, essas pragas são extremamente pequenas. Em condições úmidas as infestações podem crescer rapidamente. O problema é diagnosticado com base em sintomas pois estes ácaros são pequenos demais para serem vistos, medindo apenas 0,25 mm de comprimento.

As moscas roedoras também são um problema em violetas africanas. Baratas americanas, tanto na forma jovem e adulta, muitas vezes atacam as violetas africanas, comendo suas folhas. As baratas americanas são baratas escuras grandes que são atraídas para sua casa.

Danos

A infestação do ácaro Ciclame nas violetas africanas é extremamente problemática porque injetam toxinas nas plantas enquanto se alimentam. Causam um crescimento anormal, distorcem algumas partes das plantas e causam a morte de outras partes, como as flores. Examine a porção média da planta que normalmente exibe primeiramente uma aparência enrolada antes da morte da planta como um todo.

Devido à sua alimentação não discriminatória, as baratas podem causar danos extremos às violetas africanas, quando estas não são tratadas. Elas comem cada parte da planta a partir das raízes até as flores durante as grandes infestações. Em problemas menores, provavelmente, as baratas comem somente as flores.

Controle

Controle os ácaros das violetas africanas mantendo as infestadas longe das outras plantas para evitar a propagação das pragas. Para plantas extremamente danificadas, remova e destrua toda a planta e esterilize o pote antes de reutilizá-lo. Aplique um pesticida com o princípio ativo acefato ou diazinon para violetas africanas que estiverem moderadamente infestadas.

Para controlar as baratas americanas, aplique um fungicida com o mesmo ingrediente ativo, como as sugeridas para ácaros.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível