×
Loading ...

Plano estratégico para corretores de seguros

Atualizado em 03 agosto, 2018

Embora um corretor de seguros coloque seu nome sob uma placa corporativa maior, na verdade, ele é o único proprietário. Para ganhar a vida, os corretores de seguros dependem de comissões geradas com as vendas. Como qualquer outro negócio, se um corretor de seguros não tiver um plano estratégico, poderá perder clientes e vendas.

Para ganhar a vida os corretores de seguros dependem de comissões geradas com as vendas (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

Definição

Um planejamento estratégico ajuda o corretor de seguros a identificar onde os negócios estão e onde ele gostaria que estivessem. Um plano estratégico leva em consideração mais que apenas o desejo de fazer o melhor e impulsionar o negócio; leva em consideração o que está funcionando, o que não está e quaisquer fatores internos ou externos que possam estar afetando o desenvolvimento e o crescimento.

Loading...

Identificação

É importante identificar objetivamente os fatores que afetam um plano estratégico. Evidentemente, uma das primeiras áreas de estudo do planejamento estratégico são os clientes, as novas vendas e os novos negócios. Buscar oportunidades dentro de um nicho de negócios já existente no intuito de aumentar as vendas é um começo. O corretor também deve examinar a comunidade e as necessidades das pessoas que as constituem. Talvez haja outro produto que possa ser oferecido com o objetivo de contribuir para satisfazer uma crescente necessidade ou lacuna em termos de segurança na comunidade, tais como o seguro de cuidados de longa duração para uma comunidade de idosos.

Definição de metas

Uma vez que um corretor tenha determinado quais são as necessidades, é hora de criar metas. Os objetivos devem ser gerais e específicos para o sucesso do corretor. Por exemplo, um objetivo geral pode implicar na elevação do faturamento em 15% em um período de 12 meses. Os objetivos específicos devem incluir a adição de cinco novos clientes por semana ou a realização de um seminário de cuidados de longa duração a cada seis meses em um asilo, por exemplo. Fragmentar os objetivos gerais em objetivos orientados à realização de tarefas ajuda o corretor a focar em coisas práticas que devem ser feitas.

Cronograma

Um planejamento estratégico não gera sucesso do dia para noite. Estabelecer um período de tempo para alcançar os objetivos dentro do planejamento é muito importante. Um corretor de seguros deve não somente estabelecer prazos, mas também criar pontos de controle ao longo do curso do plano para avaliar o progresso e fazer adaptações. Um planejamento estratégico pode ser constituído por um plano de cinco anos a ele associados, mas não deve incluir revisão trimestral e revisões anuais.

Considerações

É importante que um corretor de seguros considere os fatores limitantes de crescimento e sucesso potenciais. Embora a criação de uma estratégia com plano de ação seja importante, se o corretor não tiver os recursos necessários para seguir completamente em plano, tudo que for feito será em vão. Por exemplo, um corretor que não se sente confortável ao falar em público, caso esteja ministrando um seminário em um asilo, pode não obter os resultados desejados. Parte do plano estratégico nessa situação seria frequentar aulas de oratória ou participar de um grupo sobre como falar em público para trabalhar as habilidades desejadas e obter melhores resultados.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...