Possíveis causas de tosse em porcos

Escrito por pamela henman | Traduzido por karina silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Possíveis causas de tosse em porcos
Uma infecção viral pode causar tosse em um porco (pig image by Leonid Nyshko from Fotolia.com)

De acordo com "Pig333", um recurso veterinário para porcos, um surto repentino de tosse entre um rebanho de suínos poderia significar um problema em seu ambiente ou mais seriamente, uma infecção. Em leitões, a tosse é considerada um sinal de falha de crescimento, enquanto que em suínos adultos, pode ser um indicador de uma doença subjacente. É importante cuidar da saúde do animal imediatamente para detectar qualquer doença nos estágios iniciais.

Outras pessoas estão lendo

Patógenos

De acordo com "Pig333", um patógeno contagioso e infeccioso pode ter entrado no ambiente em que o porco vive, causando a tosse. Os patógenos bacterianos mais comuns que podem causar este problema são o estreptococos, a bordatella, o haemophilus, a pasturella e o actinobacillus. Os micoplasmas, parasitas de bacterias, são agentes patogênicos que também podem causar tosse, já que são vírus. Os vírus mais comuns para esta condição são a gripe suína, a síndrome reprodutiva e respiratória suína (PRRS) e o circovírus suíno tipo 2 (PCV2).

Parasitas

O Strongyloides ransomi, um parasita interno conhecido como verme intestinal, pode causar tosse em porcos. Segundo o site "The Pig", uma organização de notícias do setor de suínos, os parasitas são incomuns entre os porcos desmamados, que estão crescendo e os totalmente crescidos, mas não representam uma ameaça para porcas e leitões. A "Iowa State University’s College of Veterinary Medicine" (Faculdade de Medicina Veterinária do Estado do Iowa) afirma que as larvas do verme intestinal podem atacar um hospedeiro penetrando na pele ou sendo ingeridos na alimentação. Em leitões, o verme é transmitido pelo colostro quando ele mama ou até mesmo quando ele está no útero de uma porca infectada. Verificar as fezes do animal para procurar por larvas do verme e remover todas as fezes das áreas de alojamento do rebanho por quatro dias é uma medida preventiva para o controle da infecção por verme intestinal.

Pneumonia por mycoplasma

De acordo com a "North Carolina Swine Veterinary Group" (Grupo de Veterinária Suína da Carolina do Norte), uma tosse seca, que não produz secreções, é o primeiro sintoma da pneumonia por mycoplasma em porcos. Essa doença é causada pelos organismos Myscoplasma hyopneumonia e Pasturella multocida, que são normalmente encontrados nos pulmões do porco. Essa pneumonia geralmente não causa a morte, a menos que o animal tenha um problema de saúde adicional, e pode ser tratada com medicamentos antimicrobianos nos alimentos. A vacinação também é recomendada como uma medida preventiva.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível