Projetos sobre eletricidade para crianças do ensino fundamental

Escrito por paisley parmer | Traduzido por mayra dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Projetos sobre eletricidade para crianças do ensino fundamental
Dê a partida na mente das crianças com a compreensão da eletricidade (Compact fluorescent lightbulb image by K. Geijer from Fotolia.com)

A curiosidade natural de como as coisas funcionam entre os alunos do ensino fundamental é inflamada quando elas são introduzidas com projetos científicos para desafiar suas jovens mentes a explorar a criação e transferência da eletricidade. Os projetos são uma adição lógica a aulas de ciências sobre eletricidade, tempo e iluminação, assim como a produção de energia.

Eletricidade com fruta

O Museu de Ciências de Miami junto com a Rede de Aprendizado de Ciências fornece um projeto de eletricidade para crianças do ensino fundamental para elas descobrirem se uma fruta é capaz de produzir eletricidade. Os professores entregam aos alunos frutas cítricas (preferencialmente limões ou limas), parafusos de cobre de 5 cm, e piscas-piscas que possuam ao menos 1 cm de isolamento removido para expor os fios. Instrua os alunos a rolar a fruta em suas mãos para amaciá-las de modo que possam inserir cada um dos parafusos com 5 cm de distância entre eles. Certifique-se que quando os alunos colocarem os parafusos, eles não transpassem a casca da fruta do lado oposto. Os alunos, então, torcem as duas pontas do fio dos pisca-piscas ligando-as aos parafusos, para acender as luzes. Discuta com os alunos as semelhanças dos níveis de PH das frutas cítricas e baterias explicando como a fruta é capaz de ligar a luz.

Criação de faíscas

Os alunos do fundamental aprendem a criar pequenos raios no projeto de Super Faiscador do The Exploratorium® de São Francisco com a supervisão cuidadosa de um professor. Dê tesouras, fita adesiva, prato de alumínio, bandeja de isopor limpa e não usada, como as encontradas em um balcão de alimentos da padaria. Os alunos cortarão uma pequena forma de L no canto da bandeja de isopor e usarão a fita para fixá-lo no prato de alumínio de modo que forme uma alça. Ao segurar a bandeja de isopor em uma mão, os alunos a esfregarão em cima da cabeça rapidamente para criar eletricidade estática. Instrua-os a colocar a bandeja de ponta cabeça no chão e pegar o prato de alumínio pela alça e segurá-lo em cima da bandeja. Os alunos, então, soltam o prato sobre a bandeja de isopor, assegurando-se de não tocar o isopor e o alumínio ao mesmo tempo, visto que isso irá dar um choque neles ao invés de provocar a faísca. Para ver as faíscas, ou os pequenos raios, instrua os alunos a tocar a ponta de seus dedos no alumínio bem devagar. O processo pode, então, ser repetido múltiplas vezes ao pegar o prato de alumínio e colocá-lo invertido segurando-o pela alça.

O poder dos circuitos

O Laboratório de Ciências Scholastic Dirtmeister desafias os alunos a questionar o que acontece com o brilho de uma lâmpada quando eles criam um circuito e a acendem a lâmpada usando duas baterias ou apenas uma, e o que acontece quando eles adicionam uma segunda lâmpada. Dê aos alunos duas baterias D, três pedaços de papel alumínio cortados em tiras de 15 por 1 cm de largura, duas lanternas padrão e um rolo de fita celofane. Comece o projeto de eletricidade instruindo os alunos a conectar uma tira do alumínio à ponta positiva da bateria e uma segunda tira a ponta negativa da bateria. Os alunos, então, conectam a tira positiva de alumínio na parte inferior da lâmpada, ligando a luz. Para responder a questão do desafio apresentada, os alunos colocarão a extremidade negativa da segunda bateria na positiva da primeira bateria. O projeto está completo ao adicionar a segunda lâmpada ao circuito usando uma última tira de papel alumínio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível